Juscelino Filho anuncia Delmar Sobrinho como pré-candidato a prefeito de Nova Olinda pelo DEM

O ex-prefeito de Nova Olinda do Maranhão, Delmar Sobrinho, está de volta ao Democratas. Nesta segunda-feira,02, ele foi recebido na sede do partido pelo deputado federal Juscelino Filho presidente da legenda no Maranhão e vice-presidente da executiva nacional. Quem também esteve presente no encontro foi o prefeito de Barão de Grajaú,  Gleydson Resende.

Delmar foi prefeito de Nova Olinda por dois mandatos pelo Democratas e depois teve uma rápida passagem pelo PRP. Agora ele volta ao comando do 25 no município para disputar as eleições municipais de 2020.

Juscelino Filho usou suas redes sociais para registrar o encontro e anunciar o nome de Delmar Sobrinho como pré- candidato a prefeito de Nova Olinda pelo DEM.

Novamente ao comando do DEM, Delmar conta  agora com  apoio de dois deputados federais de peso;  Gil Cutrim do PDT, que foi apoiado no município pelo grupo do ex-prefeito e Juscelino Filho, presidente estadual e vice da executiva nacional do DEM.

Empresa da família de Juscelino Filho fatura R$ 2,4 milhões em contrato na prefeitura de São Luís

Os médicos Rodolfo Leite, Luanna Rezende, Lia Fialho e Juscelino Filho

O município de São Luís por intermédio do hospital Djalma Marques o “socorrão,” contratou a empresa CADI CENTRO AVANÇADO DE DIAGNOSTICO POR IMAGEM por cifras exorbitantes.

O objeto do contrato é a prestação dos serviços de radiodiagnóstico médicos por imagem, nas modalidades radiologia convencional,tomografia computadorizada e ultrassonografia, para os Serviços de Imaginologia do Hospital Municipal Djalma Marques. Pelos serviços, a empresa deve receber exatos; R$ 2.435.619,600000 (Dois milhões quatrocentos e trinta e cinco mil seiscentos e dezenove reais e sessenta centavos) o contrato tem validade de um ano, o negocio deve render mensalmente pouco mais de, R$ 202 mil reais durante um ano.

A empresa vencedora do contrato milionário pertence a família do deputado federal Juscelino Filho (DEM) sua esposa, Lia Rezende, divide a sociedade da CADI-Centro Avançado com Luanna Martins Bringel Rezende, Aila de Menezes Ferreira, Ronaldo Anderson Oliveira Rodrigues, Nayane Bezerra de Menezes Pinho, Caio Lima Silva e Rodolfo Leite Alves da Silva.

O contrato de quase R$ 3 milhões com a prefeitura de São Luís foi assinado pela representante, Rochele Oliveira Coelho.

O esposo de Lia Rezende, sócia administradora da firma é o deputado federal Juscelino Filho, amigo politico e pessoal do prefeito Edvaldo Holanda Junior. Não é de hoje que as empresas da família de Juscelino operam em órgãos públicos do Maranhão, os mesmos estão atrelados em diversos contratos inclusive no governo Flávio Dino, o que levanta a suspeita de que o deputado estaria usando sua influência politica para beneficiar as empresas de sua família.

Os responsáveis pelas operações da Polícia Federal, que investigam esquemas na saúde pública do Maranhão, precisam investigar a relação do deputado federal Juscelino Filho e sua esposa Lia Cavalcanti Fialho Rezende com o governo Edvaldo Holanda Jr e outros órgãos públicos que o grupo familiar mantém contratos.

VEJA O CONTRATO; 

 

Em Vitorino Freire Juscelino Filho desafia a justiça eleitoral

O deputado federal e candidato a reeleição Juscelino Filho do DEM desrespeitou uma das novas regras impostas pela justiça eleitoral.

  Um claro desafio a justiça eleitoral.

O blog do Werbeth Saraiva recebeu um vídeo feito por moradores do município de Vitorino Freire, onde a família de Juscelino comanda o executivo local, que mostra o claro desrespeito a nova regra eleitoral.

Um carro de som percorrendo toda a cidade com os jingles e toda propaganda sonora de Juscelino Filho, o que é proibido pela justiça eleitoral.

Levando em conta, que:

Os carros de som e mini trios só poderão ser usados em carreatas, caminhadas e passeatas ou durante reuniões ou comícios, observado o limite de 80 decibéis, medido a 7 metros de distância do veículo.

o veículo não pode estar a uma distância menor que 200 metros de hospitais, casas de saúde, escolas, bibliotecas públicas, teatros e igrejas (quando estiverem em horário de funcionamento) ou de prédios que sejam sede dos Poderes Executivo e Legislativo, sedes de Tribunais Judiciais ou de quartéis militares;

o nível de pressão sonora não pode ultrapassar 80 decibéis, que deve ser medido a 7 metros de distância do veículo.

Juscelino deve ser acionado pelo TRE  e pagar multa

Quem fizer propaganda eleitoral fora  do padrão permitido pode ser punido com o pagamento de multa no valor de R$ 5.000,00 a R$ 25.000,00

Justamente o caso de Juscelino Filho.

Veja o Vídeo

Familiares de Juscelino Filho “abocanharam” milhões em contratos na saúde do Maranhão

O DEM se entregou de forma estranha para apoiar o Governo do Estado do Maranhão e o projeto de reeleição do governador Flávio Dino.  Assim que o acordo foi sendo cumprindo, contratos com a Saúde estadual foram fechando exatamente com familiares do dono do Democratas no Maranhão, o deputado federal Juscelino Rezende.

Levantamentos apontam que o emaranhando dos Rezende abocanhou uma fartura de contratos nada desprezíveis com o uso de recursos federais. A empresa Dio Diagnóstico Imagem e Oftalmologia tem como sócia Lia Rezende, esposa do deputado federal. Na outra ponta, aparece outro sócio, Rodolfo, que é esposo de Luana Rezende, irmã do dono do DEM no Maranhão.

Irmã e o cunhado de Juscelino beneficiados com dinheiro da saúde do Maranhão:

Mulher de Juscelino Filho

beneficiada com dinheiro da saúde do Maranhão:

O deputado federal Juscelino Filho, marido de Lia Cavalcanti Fialho Rezende, tem ligação direta com o Palácio dos Leões, inclusive, entregou o partido que comanda no Maranhão, o Democrata, para apoiar a reeleição de Flávio Dino.

Os altíssimos indícios de favorecimento bem na vista da Policia Federal e dos demais órgãos de fiscalização do estado passaram despercebidos.

Após votarem a favor de Michel Temer deputados maranhenses tiveram quase 11 milhões de emendas liberadas em junho do ano passado

De acordo com dados da ONG Contas Abertas aponta que o governo federal liberou em junho do ano passado (2017) R$ 10,3 milhões (R$ 10.304.160,00) em emendas parlamentares aos três deputados maranhenses (Juscelino Filho – R$ 3,9 milhões, Hildo Rocha – R$ 3,8 milhões, Cleber Verde – R$ 2,4 milhões) que votaram a favor do presidente Michel Temer na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). O deputado Rubens Pereira Júnior (PCdoB), que votou contra o presidente, teve liberados no mesmo mês R$ 503 mil em emendas.
Na época a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara aprovou relatório contrário à aceitação da denúncia por corrupção passiva contra o presidente Michel Temer. Ao todo, 40 deputados votaram a favor de Temer. Esses parlamentares somaram R$ 134 milhões em empenhos para emendas só no mês de junho. Dos 40 votos a favor de Temer, 36 tiveram empenhos para emendas em junho, logo antes da votação.
O povo do Maranhão relembra agora que os deputados citados foram os três maiores defensores de Michel Temer.