Com apoio do PL, Assembleia Legislativa vai conceder medalha para Jefferson Portela

Deputada Detinha e Hélio Soares

O deputado estadual Duarte Júnior (PCdoB), apresentou na Casa um Projeto de Resolução Legislativa (nº058) que concede a Medalha do Mérito Legislativo “Manuel Beckman” ao secretário de Segurança Pública do Maranhão, Jefferson Portela. A sugestão já fora acatada na CCJ e aprovada hoje em plenário, com voto de todos os deputados da base do governo.

O projeto de Duarte, foi aprovado em plenário com uma única ideia e voto contrário que foi o do deputado estadual Adriano Sarney (PV).

O que mais surpreendeu foi os votos favoráveis dos parlamentares Detinha e Hélio Soares ambos da bancada do PL (Partido Liberal) ambos liderados pelo deputado federal Josimar de Maranhãozinho, que foi investigado ilegalmente pela secretaria de segurança pública do estado a mando do secretário Jefferson Portela, em nota o próprio Josimar confirmou que foi alvo de investigação ilegal e ainda rechaçou que o secretário de Segurança do Estado “é um homem prepotente e que não mede consequências quando o objetivo de atingir seus desafetos políticos”. 

Em nota, Josimar Maranhãozinho detona Jefferson Portela

Confira a nota do deputado Josimar:

Segundo foi noticiado no Blog do Neto Ferreira, o secretário de Segurança Pública do Maranhão, delegado Jefferson Portela, mandou que fosse aberta uma investigação contra o deputado federal Josimar de Maranhãozinho (PR). A operação denominada de “Jenca” é altamente suspeita, devido ao tom político como foi apresentada.

As perseguições ao grupo político e ao PR, de forma específica, não é de hoje. Nas eleições de 2016, vários fatos estranhos ocorreram envolvendo justamente pessoas ligadas ao parlamentar e ao PR sendo que absolutamente nada foi comprovado.

O caso mais grave ocorreu com o então candidato a prefeito pelo PR em Centro Novo do Maranhão, Ney Passinho. Em uma abordagem arbitrária, a polícia prendeu o candidato, que se encontrava apenas com R$ 25,00 (vinte e cinco reais) no bolso e ainda assim foi preso, suspeito de compra de votos. O fato aconteceu na véspera da eleição.

Em Maracaçumé, no mesmo ano, o também candidato Tio Gal teve um comício interrompido pela polícia. Em Cândido Mendes, o candidato Facinho também foi perseguido. Em Maranhãozinho, também teve represálias. Em Zé Doca, ações violentas contra o grupo da, hoje prefeita Josinha Cunha, também foram registradas, inclusive com invasão da rádio Alvorada e agressão ao locutor Constantino, por parte do grupo ligado à oposição, sem que a polícia se manifestasse ou tomasse alguma atitude; o que causou bastante estranheza e que hoje pode ser explicado.

Todas as ações orquestradas pela Secretaria de Segurança do Estado não resultaram em nenhuma prova que desabonasse a conduta dos candidatos e do deputado federal Josimar Maranhãozinho, que vem sendo perseguido já por um bom tempo. O parlamentar enfatiza que é da base aliada do governo, mas o que garante a sua tranquilidade é sua conduta idônea e coerente junto a justiça e ao povo maranhense.

Portela é tido como um homem prepotente e que não mede consequências quando o objetivo de atingir seus desafetos políticos. Na investigação contra Maranhãozinho nada foi constatado e o parlamentar se diz tranquilo quanto a sua vida pública.

É bom ficar atento, pois informações plantadas e caluniosas devem ser o próximo passo de quem, a qualquer custo deseja inibir o crescimento político do deputado federal mais bem votado das últimas eleições.

Indicada de Josimar Maranhãozinho assumirá a secretaria de agricultura e pesca do MA

Josimar, Fabiana e Detinha

O blog do Werbeth Saraiva já tinha adiantado a uma semana atrás que o PR de Josimar Maranhãozinho indicaria o titular da secretaria de agricultura e pesca do Maranhão.

O governador Flávio Dino anunciou por meio do Twitter o nome da advogada Fabiana Vilar Rodrigues como a nova secretaria de agricultura do estado.

Fabiana é advogada e sobrinha do deputado federal e presidente do PR Josimar Maranhãozinho.

Os movimentos ousados de Josimar Maranhãozinho

Para muitos, o lançamento do vereador Aldir Júnior (PR) para a Prefeitura de São Luís soou como um gesto solto, sem beira, eira ou rumo de um edil que parece fora do contexto de São Luís. Nada disso. O movimento de Aldir Júnior é parte da audaciosa e ambiciosa estratégia do deputado federal Josimar de Maranhãozinho, que comanda o PR estadual com mão de ferro e eficiência e parece disposto a ocupar um espaço expressivo e sentar na mesa das decisões para as próximas guerras eleitorais.

Até aqui, Josimar de Maranhãozinho tem mostrado fôlego para chegar a ampliar e consolidar seu poder de fogo. Foi o deputado estadual mais votado em 2014 (100 mil votos) e o campeão de votos para deputado federal em 2018 (190 mil votos), sua mulher, Detinha (PR), saiu das urnas com a maior votação para a Assembleia Legislativa (88 mil votos), tendo sido também decisivo o seu apoio às eleições de Hélio Soares e Vinícius Louro para a Assembleia Legislativa, e a de Júnior Lourenço para a Câmara Federal. E para fortalecer seu grupo, Josimar de Maranhãozinho atraiu o depurado estadual Leonardo Sá, que trocou o PRTB pelo PR. Conseguiu assim o controle de quatro votos na Assembleia Legislativa e dois na Câmara Federal. Tem vários municípios sob seu comando político, entre eles o importante e estratégico  Zé Doca, onde sua irmã, Josenilda Rodrigues (PR), é prefeita. A eleição de Aldir Júnior vereador de São Luís em 2016 foi um passo importante na estratégia de Josimar de Maranhãozinho com o objetivo se preparar para passos mais largos, entre eles o de chegar ao Governo do Estado.

Ele já deixou isso claro em várias entrevistas. E para quem avalia esse objetivo como uma fantasia do parlamentar, vale lembrar que ele já tem o controle direto sobre uma informação dada por ele próprio em várias entrevistas: foi votado em 214 dos 217 municípios e montou estrutura em 102 municípios, façanha que nenhum dos candidatos a senador conseguiu. É  também um político hábil, ousado, ambicioso e que sabe onde quer chegar, usando seus talentos para dar passos bem pensados. O lançamento de Aldir Júnior pode ser apenas um aviso de que já está no jogo sucessório da Capital.

Reporter tempo

Prefeito Almeida Sousa participa da posse de  Josimar Maranhãozinho em Brasilia

Tomaram posse nesta sexta feira (01), em Brasília no plenário Ulysses Guimarães, os 513 deputados federais eleitos nas eleições de 2018. O prefeito de Igarapé do Meio, Almeida Sousa, esteve presente à solenidade a convite do Deputado federal Josimar Maranhãozinho e falou sobre a importância da renovação política para o enriquecimento da democracia e do trabalho dos deputados para o andamento das políticas públicas de Estado.
“Espero que possamos solidificar ainda mais parcerias com os deputados Josimar e Detinha, para que novos projetos e decisões importantes venham contribuir com o desenvolvimento da nossa querida Igarapé do Meio”, disse Almeida.

O prefeito esteve acompanhado do presidente da câmara de vereadores do município, Zeca da São Benedito. A primeira-dama Solange Araújo não foi a Brasília, pois estava na mesma data em São Luís prestigiando a posse da Deputada Estadual Detinha.
Igarapé do Meio celebra a oportunidade de possuir representantes comprometidos com o povo na Assembléia Legislativa e na Câmara Federal.

Como o Blog adiantou, Leonardo Sá vai mesmo para o PR

O blog do Werbeth Saraiva já tinha adiantado em poster anterior que Leonardo estaria “desembarcando” no PR de Maranhãozinho. Reveja, AQUI. O deputado estadual eleito Leonardo Sá será o mais novo filiado do PR. A filiação de Leonardo Sá acontecerá na próxima quarta-feira (30) e será comandada pelo presidente do partido no Maranhão, o deputado federal eleito Josimar de Maranhãozinho.

Com a ida de Leonardo Sá para o PR, o partido passa a ser a terceira maior bancada da Assembleia Legislativa do Maranhão na próxima legislatura. Além de Leonardo Sá, o partido terá Detinha, Vinícius Louro e Hélio Soares.

Leonardo Sá é um dos novos deputados a partir de 1º de fevereiro. Médico por vocação, Leonardo reside na cidade de Pinheiro e se elegeu pela primeira vez deputado estadual, com quase 32 mil votos. O futuro deputado foi eleito pelo PRTB, mas como o partido não alcançou a cláusula de barreira, ele se filiará ao PR, antes mesmo de assumir o mandato. O evento de filiação de Leonardo acontecerá na próxima quarta (30) ás 20 horas, na cabana do sol em São Luís.

Josimar quer o PR mais forte…

O deputado federal eleito Josimar Maranhãozinho tem trabalhado para fortalecer o partido no qual é presidente no Maranhão, o PR. 

 Segundo uma  fonte do blog bem próxima  ao deputado eleito Leonardo Sá, revelou que o deputado eleito pelo (PRTB) está prestes a se filiar no PR, partido comandado por Maranhãozinho, Leonardo busca um partido forte para emplacar sua candidatura à prefeitura de Pinheiro em 2020. O partido de Josimar deve contribuir na eleição de Leonardo no maior município da baixada. 

Outro deputado que está cogitado a se filiar no Partido da República é Rigo Teles, segundo apurado pelo blog, Rigo almeja estar em um partido forte para disputar a prefeitura de Barra do Corda em 2020 e cogita o PR. 

 O deputado Federal Eduardo Braide é outro cotado a se filiar no partido da república, PR, as conversas se iniciaram logo após o término das eleições de 2018, Braide no entanto demostrou paciência e inclusive foi sondado pelo PSL de Jair Bolsonaro, nos últimos dias uma conversa entre Braide e representantes do PR estadual e nacional, pode ter dado um desfecho ao possível “destino” partidário do deputado federal eleito Eduardo Braide. 

TRE-MA nega pedidos de Aluísio Mendes e Defere pedido de registro de candidatura de Josimar Maranhãozinho

O deputado federal Aluísio Mendes ingressou no TRE- MA com uma notícia de inelegibilidade pedindo que fosse indeferido o registro de candidatura do deputado Josimar Maranhãozinho. 

 Aluísio alegou falta do curso de nível fundamental de Josimar, o mesmo apresentou como defesa sua carteira de Habilitação. 

  Segundo  pacificado na jurisprudência das Cortes Eleitorais, “a carteira nacional de habilitação gera presunção da escolaridade necessária ao deferimento do registro de candidatura. ”

Aluísio ainda questionou que o deputado teria conseguido os documentos que provam sua alfabetização de forma fraudulenta, sobre isso o desembargador relatou entendeu que uma eventual análise de fraude relativa à emissão do referido documento não pode ser levada a efeito em sede processo de registro de candidaturas, o qual se limita a analisar objetivamente as condições de elegibilidade e as causas de inelegibilidade com base nos documentos apresentados, não sendo oportuna a emissão de qualquer juízo de valor sobre possível crime na sua confecção.

Nesse sentido o Juiz Itaércio Paulino da Silva votou pelo não conhecimento da notícia de inelegibilidade e pelo deferimento do pedido de registro de candidatura de JOSIMAR CUNHA RODRIGUES, ao cargo de Deputado Federal para o pleito de 2018.

 Os demais Membros do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão, por unanimidade, decidiram NÃO CONHECER a notícia de inelegibilidade

e DEFERIR O REGISTRO DE CANDIDATURA, nos termos do voto do Juiz Relator.

Veja

Josimar Maranhãozinho deve anunciar Sarney Filho como segundo candidato ao senado apoiado pelo PR

O deputado estadual e pré candidato a federal Josimar Maranhãozinho que é presidente do PR no Maranhão deve anunciar nos próximos dias o nome de Sarney Filho como o segundo candidato ao senado apoiado pelo PR no estado. 

 Josimar que já declarou apoio recentemente ao pré candidato do palácio dos leões ao senado Weverton Rocha (PDT) e fez questão de “rifar” o nome de Eliziane Gama também pré candidata ao senador aliada do palácio dos leões. 

O blog foi informado que Alexandre Almeida candidato pela chapa de Roberto Rocha procurou a dias atrás maranhãozinho para um possível acordo mais a conversa não foi adiante. 

Josimar que é “velho” camarada de Sarney Filho deve mesmo garantir o nome de seu amigo nos próximos dias como seu segundo candidato ao senado. 

O blog vai confirmar em primeira mão.