Pré-candidatura de Josimar ao governo do estado é blefe

Presidente do PL no Maranhão e a cúpula do PRB


Um provável apoio do PL a candidatura de Duarte Jr é mais uma prova que o deputado Josimar Maranhãozinho blefa quando diz que é pré-candidato ao governo do estado.

Em todos os lugares que vai, Josimar admite que é pré-candidato ao governo do estado, pura balela. Um candidato ao governo jamais fortaleceria o projeto de um adversário no jogo.

A mídia estadual tem noticiado uma provável aliança entre o partido de Josimar e o partido do vice-governador Carlos Brandão já em 2020. Os dois estariam juntos no projeto de eleger o midiático deputado Duarte jr prefeito de São Luís.

É notável que Carlos Brandão é candidato natural a sucessão do governador Flávio Dino por isso o presidente do PL no Maranhão não disputará esta vaga já que não possui se quer um projeto partidário para capital do estado.

Já o senador Weverton Rocha é uma outra história…

Pré-candidato em Turiaçu reafirma compromisso com o PP

André Fufuca e Adson Manoel

Na manhã de hoje (06) o deputado André Fufuca (PP) recebeu o jovem Adson Manoel que reafirmou a pré-candidatura pelo PP.

A eleição de 2020 em Turiaçu promete ser uma das mais acirradas da história política do município.

Por um lado, o pré-candidato Adson Manoel apoiado pelos deputados federais Josimar Maranhãozinho e André Fufuca e de outro o empresário Edésio Cavalcante apoiado pelos deputado Dr. Yglésio e Othelino Neto.

E mais…

Josimar diz que articulação para tomar PROS de Gastao não existe

Foi ventilado em alguns canais de comunicação do estado que o deputado federal Josimar Maranhãozinho (PL) estaria articulando para tomar o partido PROS do colega Gastão Vieira.

Ao ser questionado pelo jornalista Jhon Cutrim, Gastão Vieira respondeu que a articulação nunca existiu e que a notícia foi plantada pelo deputado Josimar.

Ao ser indagado pelo editor do blog do Werbeth Saraiva sobre a existência de articulação para obter o controle do PROS, Josimar negou que tenha havido qualquer movimento nesse sentido.

“Não existe, já estou com dois partidos e não tenho o mínimo interesse em outro.”

Gil Cutrim mais próximo do PL de Josimar

Insatisfeito com a executiva nacional do PDT, Gil Cutrim deve anunciar sua saída do partido em breve. Saiba mais aqui, aqui,aqui e aqui.

O PL, partido presidido no Maranhão pelo deputado Federal Josimar Maranhãozinho é analisado com carinho por Cutrim, de acordo com informações as conversas já teriam sido iniciadas.

E O PROS…

O PROS, também é analisado por  Gil Cutrim, e por intermédio de Maranhãozinho, que se conseguir levar um deputado federal para o partido, Gastão Vieira terá que dá adeus a presidência no estado.

“Não sou indelicado, estou recebendo todos os pré-candidatos”, afirma Josimar de Maranhãozinho

Após o encontro do deputado Josimar Maranhãozinho (PL) com o deputado federal Rubens Júnior (PCdoB) surgiu em alguns veículos da imprensa estadual diversas suposições do que teria sido o teor da conversa.

Em conversa com o editor do Blog do Werbeth Saraiva na tarde de hoje (23), o deputado Josimar Maranhãozinho confirmou que tem sido procurado por diversos pré-candidatos à prefeitura da capital e tem recebido todos de forma amigável.

” Tenho conversado com todos até para não ser indelicado, porém, só decidiremos no ano que vem.” Destacou Josimar.

Grupo politico de Josimar Maranhãozinho assume liderança do Avante no Maranhão

Fabiana Vilar (ao centro): preposta de Maranhãozinho no Avante

O deputado federal Josimar Maranhãozinho (PL) indicou para assumir a presidência do partido AVANTE no estado do Maranhão, a advogada Fabiana Vilar, atual secretária de Estado da Agricultura, Pesca e Abastecimento (Sagrima).

A adesão da sigla partidária ao grupo político de Maranhãozinho comprova a força do parlamentar no cenário político maranhense. O parlamentar figura como uma das maiores expressões no atual contexto.

O Avante sai do pleito eleitoral de 2018 como uma das 21 siglas que atingiram a chamada cláusula de barreira. Com mais de 1,8 milhão de votos válidos, o Avante elegeu sete deputados federais e 15 estaduais em nove estados brasileiros e no Distrito Federal. O estado com mais deputados federais eleitos é Minas Gerais, que reelegeu Luis Tibé, presidente nacional do Avante, e os advogados André Janones e Greyce Elias para o seu primeiro mandato na Câmara dos Deputados.

Dos 22 parlamentares eleitos pelo Avante em todo o Brasil nesta eleição, pelo menos 17 em seu primeiro mandato nas casas legislativas estaduais e federais, o que representa a renovação política.
No Maranhão, o deputado Josimar Maranhãozinho deve fortalecer ainda mais o partido pela robustez que é o seu projeto político.

Com apoio do PL, Assembleia Legislativa vai conceder medalha para Jefferson Portela

Deputada Detinha e Hélio Soares

O deputado estadual Duarte Júnior (PCdoB), apresentou na Casa um Projeto de Resolução Legislativa (nº058) que concede a Medalha do Mérito Legislativo “Manuel Beckman” ao secretário de Segurança Pública do Maranhão, Jefferson Portela. A sugestão já fora acatada na CCJ e aprovada hoje em plenário, com voto de todos os deputados da base do governo.

O projeto de Duarte, foi aprovado em plenário com uma única ideia e voto contrário que foi o do deputado estadual Adriano Sarney (PV).

O que mais surpreendeu foi os votos favoráveis dos parlamentares Detinha e Hélio Soares ambos da bancada do PL (Partido Liberal) ambos liderados pelo deputado federal Josimar de Maranhãozinho, que foi investigado ilegalmente pela secretaria de segurança pública do estado a mando do secretário Jefferson Portela, em nota o próprio Josimar confirmou que foi alvo de investigação ilegal e ainda rechaçou que o secretário de Segurança do Estado “é um homem prepotente e que não mede consequências quando o objetivo de atingir seus desafetos políticos”. 

Em nota, Josimar Maranhãozinho detona Jefferson Portela

Confira a nota do deputado Josimar:

Segundo foi noticiado no Blog do Neto Ferreira, o secretário de Segurança Pública do Maranhão, delegado Jefferson Portela, mandou que fosse aberta uma investigação contra o deputado federal Josimar de Maranhãozinho (PR). A operação denominada de “Jenca” é altamente suspeita, devido ao tom político como foi apresentada.

As perseguições ao grupo político e ao PR, de forma específica, não é de hoje. Nas eleições de 2016, vários fatos estranhos ocorreram envolvendo justamente pessoas ligadas ao parlamentar e ao PR sendo que absolutamente nada foi comprovado.

O caso mais grave ocorreu com o então candidato a prefeito pelo PR em Centro Novo do Maranhão, Ney Passinho. Em uma abordagem arbitrária, a polícia prendeu o candidato, que se encontrava apenas com R$ 25,00 (vinte e cinco reais) no bolso e ainda assim foi preso, suspeito de compra de votos. O fato aconteceu na véspera da eleição.

Em Maracaçumé, no mesmo ano, o também candidato Tio Gal teve um comício interrompido pela polícia. Em Cândido Mendes, o candidato Facinho também foi perseguido. Em Maranhãozinho, também teve represálias. Em Zé Doca, ações violentas contra o grupo da, hoje prefeita Josinha Cunha, também foram registradas, inclusive com invasão da rádio Alvorada e agressão ao locutor Constantino, por parte do grupo ligado à oposição, sem que a polícia se manifestasse ou tomasse alguma atitude; o que causou bastante estranheza e que hoje pode ser explicado.

Todas as ações orquestradas pela Secretaria de Segurança do Estado não resultaram em nenhuma prova que desabonasse a conduta dos candidatos e do deputado federal Josimar Maranhãozinho, que vem sendo perseguido já por um bom tempo. O parlamentar enfatiza que é da base aliada do governo, mas o que garante a sua tranquilidade é sua conduta idônea e coerente junto a justiça e ao povo maranhense.

Portela é tido como um homem prepotente e que não mede consequências quando o objetivo de atingir seus desafetos políticos. Na investigação contra Maranhãozinho nada foi constatado e o parlamentar se diz tranquilo quanto a sua vida pública.

É bom ficar atento, pois informações plantadas e caluniosas devem ser o próximo passo de quem, a qualquer custo deseja inibir o crescimento político do deputado federal mais bem votado das últimas eleições.

Indicada de Josimar Maranhãozinho assumirá a secretaria de agricultura e pesca do MA

Josimar, Fabiana e Detinha

O blog do Werbeth Saraiva já tinha adiantado a uma semana atrás que o PR de Josimar Maranhãozinho indicaria o titular da secretaria de agricultura e pesca do Maranhão.

O governador Flávio Dino anunciou por meio do Twitter o nome da advogada Fabiana Vilar Rodrigues como a nova secretaria de agricultura do estado.

Fabiana é advogada e sobrinha do deputado federal e presidente do PR Josimar Maranhãozinho.

Os movimentos ousados de Josimar Maranhãozinho

Para muitos, o lançamento do vereador Aldir Júnior (PR) para a Prefeitura de São Luís soou como um gesto solto, sem beira, eira ou rumo de um edil que parece fora do contexto de São Luís. Nada disso. O movimento de Aldir Júnior é parte da audaciosa e ambiciosa estratégia do deputado federal Josimar de Maranhãozinho, que comanda o PR estadual com mão de ferro e eficiência e parece disposto a ocupar um espaço expressivo e sentar na mesa das decisões para as próximas guerras eleitorais.

Até aqui, Josimar de Maranhãozinho tem mostrado fôlego para chegar a ampliar e consolidar seu poder de fogo. Foi o deputado estadual mais votado em 2014 (100 mil votos) e o campeão de votos para deputado federal em 2018 (190 mil votos), sua mulher, Detinha (PR), saiu das urnas com a maior votação para a Assembleia Legislativa (88 mil votos), tendo sido também decisivo o seu apoio às eleições de Hélio Soares e Vinícius Louro para a Assembleia Legislativa, e a de Júnior Lourenço para a Câmara Federal. E para fortalecer seu grupo, Josimar de Maranhãozinho atraiu o depurado estadual Leonardo Sá, que trocou o PRTB pelo PR. Conseguiu assim o controle de quatro votos na Assembleia Legislativa e dois na Câmara Federal. Tem vários municípios sob seu comando político, entre eles o importante e estratégico  Zé Doca, onde sua irmã, Josenilda Rodrigues (PR), é prefeita. A eleição de Aldir Júnior vereador de São Luís em 2016 foi um passo importante na estratégia de Josimar de Maranhãozinho com o objetivo se preparar para passos mais largos, entre eles o de chegar ao Governo do Estado.

Ele já deixou isso claro em várias entrevistas. E para quem avalia esse objetivo como uma fantasia do parlamentar, vale lembrar que ele já tem o controle direto sobre uma informação dada por ele próprio em várias entrevistas: foi votado em 214 dos 217 municípios e montou estrutura em 102 municípios, façanha que nenhum dos candidatos a senador conseguiu. É  também um político hábil, ousado, ambicioso e que sabe onde quer chegar, usando seus talentos para dar passos bem pensados. O lançamento de Aldir Júnior pode ser apenas um aviso de que já está no jogo sucessório da Capital.

Reporter tempo