Conheça Felipe Frazão, dono de empresa fantasma que aplicou calote em prefeitura do Maranhão

Felipe Frazão Lima, proprietário da firma de fachada

A FFL serviços, pode ser apenas uma empresa de fachada usada para “lavar” notas frias em diversas prefeituras do Maranhão. Felipe Frazão Lima figura como dono da empresa que tem como endereço uma residência alugada do município de Moção.

Residência alugada por Felipe para servir de fachada para empresa. Moradores afirmam que apenas colocaram a placa e abandonaram a casa

Ocorre que informações levantadas pelo blog revelam que a empresa também  pertence ao tio de Felipe, conhecido como “Zeca Frazão,” suplente de vereador em Primeira Cruz. José de Jesus Aguiar Frazão é um dos “homens fortes” do governo de  Nilson do Casso, teria inclusive intermediado uma licitação no município com o valor de pouco mais de um milhão e tendo locação de lanchas como objeto do contrato para a empresa de fachada.

Felipe Frazão se utiliza de uma empresa de fachada para operar em diversas prefeituras do Maranhão.  Após visita da equipe de reportagem do blog foi constatada  que a empresa não tem a menor capacidade de prestar os serviços na qual é contratada e sobrevive no submundo das sublocações. F FRAZAO LIMA EIRELI também costuma dar calote em prefeituras do Maranhão.

Em Fortaleza das Nogueiras a empresa de fachada deu calote na gestão e causou transtorno na rede pública de ensino municipal.

A empresa F FRAZAO LIMA EIRELI, mesmo após a realização de contato telefônico, e-mail, whattsapp, encaminhado oficio, notificação, nunca compareceu para realizar o transporte dos alunos que se iniciou dia 25/02/2019. Note-se que a mesma quando da realização do certame sagrou-se vencedora de 23 (vinte e três) rotas, o que causou grande transtorno a rede pública municipal.

A empresa de fachada foi notificada diversas vezes e inclusive pelo Ministério Público local, mais sem temer as leis vigentes do país o empresário se quer respondeu as indagações da prefeitura e do MP local. A irresponsabilidade da firma de fachada rendeu atraso no inicio das atividades educacionais do município que teve que inclusive decretar estado de emergência na rede pública de ensino.

 Monção

A empresa de fachada é detentora de vários contratos no município de Monção que já é inclusive investigado pela Policia Federal, por desvios de verbas da educação.