ABSURDO! Fábio Gentil vai gastar mais de R$ 200 mil com compras de bandeiras

O prefeito de Caxias Fábio Gentil não tem mesmo limite quando se fala em gastar dinheiro público. Os contratos firmados na gestão de Fábio  precisam urgentemente passar por uma auditoria de órgãos fiscalizadores do estado.

A secretaria de educação do município de Caxias firmou um contrato com a empresa  J.F. EQUIPAMENTOS DE SEGURANÇA LTDA dos empresários Jaldes silva santos filho e Ravenna Araujo Santos, a empresa fornecerá bandeiras oficiais do Brasil e do município para as escolas de Caxias. O valor do contrato é de 202.800.00 (duzentos e dois mil e oitocentos reais.)

 

 

Judas Caxiense…

Depois de enganar Flávio Dino (PCdoB), Werveton Rocha (PDT) e Zé Reinaldo (PSDB), o atual mandatário do município de Caxias, Fábio Gentil (PRB) se voltou contra o principal responsável por sua eleição para prefeitura municipal, Paulo Marinho Júnior (PP).

Fábio no afã de impedir a eleição do seu principal aliado na cidade, o atual vice-prefeito investiu pesado retirando a um custo financeiro altíssimo, todos os apoios do seu vice nas cidades vizinhas ao município e os transferindo para seu “guru” Cléber Verde (PRB).

De forma dissimulada aos poucos foram sendo retirados os Bacelar e vereadores de Coelho Neto, Thales Waquim e um grupo de suplentes em Timon, apoios em outras diversas cidades que apoiavam também o pai do prefeito, Zé Gentil (PRB).

Em Caxias a traição foi ainda maior. Cinco vereadores dentre eles o presidente da Câmara Municipal receberam alto para apoiar Cléber Verde. O intuito de Fábio Gentil seria se consolidar como a grande liderança da região leste maranhense. Há quem diga que o fator “urna eletrônica” também foi utilizado mas isso será objeto de outra matéria.

Apesar de trairagem o vice-prefeito de Fábio Gentil ainda foi o deputado federal mais votado da história de Caxias e deverá assumir a Câmara dos Deputados em fevereiro…