Jumentos são flagrados ocupando escola de povoado em Palmeirândia MA

O município de Palmeirândia, administrado pelo prefeito Jorge Luís Santos Garcia, vem sofrendo com o descaso em áreas de total importância da sociedade.

Escolas abandonadas, saúde em estado de caos, esse é o retrato da péssima gestão do prefeito Jorge Luís.

Moradores flagraram animais dentro de uma escola do povoado Retiro em Palmeirândia. Na imagem é possível ver os jumentos ocupando o prédio de uma escola que deveria está sendo ocupada por alunos. Ou se a imagem foi em um fim de semana, o obvio é que pelo menos um vigilante estivesse pronto para não deixar animais invadirem a escola. Um verdadeiro absurdo.

Olha aí, Felipe Camarão! Alunos do ensino médio de Maranhãozinho estão sendo humilhados com escola precária e falta de professores

SALAS DE AULA DA ESCOLAS DO ESTADO EM MARANHÃOZINHO

A situação vivida pelos estudantes do Ensino Médio em Maranhãozinho é realmente deplorável, de acordo com denúncias enviadas ao blog, quem quer progredir de ano precisa de muita força de vontade, já que, não é fornecido nem o mínimo exigido para que os mesmos possam ter uma boa experiência educacional.

Os alunos da escola C. E. M. Espíndola de Araújo Silva Anexo II, além de contar com as péssimas condições da escola estão sendo prejudicados com a falta de professores.

“Estamos vivendo dias difíceis, estamos estudando em condições sub-humanas, nossa escola não tem um ventilador que esteja funcionando, a fiação elétrica tem mais de vinte anos da ultima manutenção. A escola não tem bebedouros, estamos trazendo água de casa para beber. Outro dia, um ventilador velho pegou fogo, por pouco não ocorreu uma tragédia.” Não sabemos mais quem procurar. Rechaçou um aluno ao blog. 

O blog entrou em contato com a secretária de educação do estado para apurar as denúncias, mais até o momento não obteve retorno. O espaço está aberto.

VEJA AS IMAGENS QUE COMPROVAM A VERDADEIRA HUMILHAÇÃO VIVIDA PELOS ALUNOS DO ENSINO MÉDIO DE MARANHÃOZINHO; 

CONDIÇÃO DO ESPAÇO RECREATIVO DA ESCOLA

SALAS DE AULA DA ESCOLAS DO ESTADO EM MARANHÃOZINHO

CONDIÇÃO DAS SALAS DE AULAS

AVISO…

VERGONHA! Escola recém-reformada por Flávio Dino, alaga e deixa alunos revoltados em Zé Doca

Alunos tentando tirar aguá de escola inundada em Zé Doca

A situação dos alunos da escola do estado de Zé Doca, Centro de Ensino Nelson serejo de Carvalho, é critica e vergonhosa para o governo do estado.

Teto de escola recém reformada em Zé Doca

De acordo com denúncias enviadas ao blog, os alunos esperaram sete meses para conclusão de uma reforma na escola, com isso o ano letivo de 2018 foi todo comprometido, fazendo com que só agora em março o ano letivo fosse concluído, não bastasse isso após a reforma os alunos estão tendo que conviver com alagamentos na parte interna do prédio escolar.

O descaso com a educação estadual em Zé Doca…

Nós alunos esperamos 7 meses para uma reforma, agora acabou a reforma, nós terminamos nosso ano letivo de 2018 esse mês. Agora eles estão querendo transferir nós para outra escola, querem botar o pessoal do IFMA lá no nosso lugar e depois dessa reforma que fizeram, não pode chover, que alaga tudo.” Rechaçou um dos alunos indignado com a situação.

A obra no mínimo foi super faturada…

VEJA O VÍDEO; 

Para evitar tragédia, moradores destroem escola abandonada pelo prefeito de Lago Verde MA

Moradores destruindo escola em povoado de Lago Verde MA

Os moradores de um povoado do município de Lago Verde MA, resolveram derrubar uma escola do município para evitar uma tragédia. 

Segundo denúncias enviadas ao blog, moradores do povoado Morada Nova, zona rural de Lago Verde, estariam a anos pedindo ao prefeito do município que realizasse uma reforma na escola da comunidade, devido às péssimas condições em que se encontrava o prédio, os moradores alegavam que a qualquer momento o prédio poderia vir a baixo o que poderia ocasionar uma tragédia. 

 Como a prefeitura não atendeu o pedido dos moradores, se mobilizaram e decidiram “jogar” o prédio abaixo, o objetivo dos moradores é evitar a tragédia e ao mesmo tempo protestar contra a péssima gestão municipal. 

Carteiras e equipamentos foram salvos

Professora vendia drogas dentro de escola, em Santa Luzia do Paruá

A prisão foi registrada na tarde desta segunda-feira (26), em Santa Luzia do Paruá. Além da prisão da professora, um comparsa também foi preso. A professora Lucimara Sousa de Pinho Oliveira (29 anos) é acusada de comercializar drogas para alunos dentro do próprio local de trabalho ou seja, uma escola pública de Santa Luzia do Paruá.

A Polícia Civil de Santa Luzia do Paruá vem fazendo um trabalho minucioso no combate ao tráfico de drogas na cidade. Maiores informações sobre o caso a qualquer momento.

A SEMED ainda não emitiu nenhuma nota oficial sobre o caso que deve ganhar novos contornos nas próximas 24 horas.

Cidade de verdade