Othelino Neto passa rasteira na família Cutrim

Othelino Neto e Edmar Cutrim

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), passou, literalmente, rasteira na família Cutrim.

Buscando a reeleição, o comunista começou a recolher assinaturas de parlamentares no intuito de aprovar o requerimento de antecipação da eleição para a mesa diretora no biênio 2021 a 2022.

Ocorre, porém, Othelino fez um acordo com o deputado Glauber Cutrim (PDT), e o patriarca da família, o conselheiro Edmar Serra Cutrim, de que abriria mão da reeleição e apoiaria o “amigo” pedetista.

Mas, a ambição pelo poder ultrapassou a barreira da “amizade”, “gratidão (já que Glalber votou por duas vezes em Othelino), “lealdade” e dos acordos políticos partidários.

Divergências de Edmar Cutrim e Caldas Furtado expõe crise interna na corte de contas do Maranhão

O conselheiro do TCE-MA, Caldas Furtado, usou seu canal do Youtube para divulgar um ‘vídeo-montagem’ contra Edmar Cutrim, e escreveu na legenda: “Ataque contra mim? Conheça o mandante”. Ao final do vídeo toca até a música “Vai Malandra” da cantora Anitta.

A grave acusação de Caldas Furtado em chamar Edmar Cutrim de “mandante” expõe uma crise interna na Corte de Contas.

Edmar Cutrim, já teve seu nome “arrolado” em diversos escândalos inclusive na mídia nacional, o caso de maior repercussão foi quando vazados áudios do conselheiro tentando interferir nas eleições do estado. Edmar, já foi acusado de fazer chantagem com prefeitos e usar a estrutura do Tribunal de Contas para eleger seus filhos, á denuncia foi repercutida pela ex-deputada, Andrea Murad, na tribuna da Assembleia Legislativa do Maranhão.

Em tempo…

Na próxima semana o blog vai trazer um assunto que também envolve o conselheiro Edmar Cutrim, e um vereador de São Luís. O caso é em referencia a um pedido de “vistas” de um processo que já dura quase dois anos. Aguardem!