Neto Evangelista parte pra cima de Duarte Jr

O deputado estadual Neto Evangelista(DEM), usou a sua rede social para mostrar o seu descontentamento com o colega parlamentar Duarte Junior(PC do B).

Questionado sobre a implantação do núcleo da Defensoria na área do Itaqui-Bacanga,Neto Evangelista respondeu a duas seguidoras ,que ele está “discutindo com a Defensoria Pública sobre o assunto e fazendo estudo técnico.Este ano estamos fazendo o núcleo Itaqui-Bacanga e o próximo ano já está previsto para a Zona Rural”.

Neto Evangelista finalizou dizendo”Se trata de mais um projeto copiado pelo deputado Duarte Jr.,assim como copiou do deputado Zé Gentil,outro do deputado Adelmo Soares e outro do deputado Cesar Pires”.

Neto Evangelista e Duarte Jr. são pré-candidatos a prefeitura de São Luís.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Deputado eleito Duarte Jr trava briga com a OAB-MA

Duarte Jr, que presidia o PROCON – MA, antes de se candidatar ao pleito eleitoral de 2018, trouxe uma polêmica notícia no decorrer da semana.

O agora, Deputado Estadual Eleito, lançou em suas midias sociais uma parceria que teria realizado junto ao poder judiciário.

De acordo com o anunciado, as reclamações feitas por consumidores ao Procon/Viva, que não obtiverem êxito, serão diretamente encaminhadas ao Poder Judiciário, para uma decisão de um juiz. Nos casos em que houver acordo, a medida prevê a homologação dos termos na Justiça.

O entrave abalou a imagem de Duarte Júnior com a maioria da parte dos Operadores do Direito do Estado do Maranhão:

Veja na íntegra uma nota publicada no site da OAB do MA:

“A seccional maranhense da Ordem dos Advogados do Brasil, OAB-MA, anuncia que vai tomar providências legais cabíveis, recorrendo a todas as instâncias jurisdicionais e administrativas, contra a medida anunciada em redes sociais pelo deputado estadual eleito, Duarte Júnior, que seria fruto de parceria entre o Procon do Maranhão e a Corregedoria Geral de Justiça.

De acordo com o anunciado, as reclamações feitas por consumidores ao Procon/Viva, que não obtiverem êxito, serão diretamente encaminhadas ao Poder Judiciário, para uma decisão de um juiz. Nos casos em que houver acordo, a medida prevê a homologação dos termos na Justiça.

A OAB Maranhão entende que a medida, caso seja concretizada, dispensa a atuação de advogados nas ações, o que fere o artigo 133 da Constituição Federal, que reconhece que o exercício da advocacia é fundamental para a prestação jurisdicional e estipula que “o advogado é indispensável à administração da justiça, sendo inviolável por seus atos e manifestações no exercício da profissão, nos limites da lei”.

A nomeação de um advogado nas ações encaminhadas ao Poder Judiciário é essencial à concretização da Justiça, dentro dos fundamentos constitucionais do direito de defesa, do contraditório e do devido processo legal.

Assim, a OAB Maranhão, reafirmando seu compromisso pela defesa da advocacia e dos cidadãos, vai tomar todas as providências cabíveis para impedir a concretização de tal medida, para garantir à sociedade o amplo acesso à justiça, dentro dos critérios legais.

http://www.oabma.org.br/agora/noticia/oab-maranhao-vai-recorrer-de-medida-que-preve-a-dispensa-de-advogados-em-acoes-judiciais-3754