Prefeito de Tuntum é suspeito de ter usado consórcio de empresas para desviar dinheiro da saúde municipal

Prefeito Cleomar Tema

O prefeito do município de Tuntum, Cleomar Tema, é suspeito de ter usado um consórcio de empresas para desviar dinheiro do fundo municipal de saúde. O dinheiro seria oriundo de emendas parlamentares do fundo a fundo para saúde.

Já no apagar das luzes de 2019, um consórcio formado pelas empresas, Ótima distribuidora, Dimensão distribuidora, droga rocha distribuidora, distrimed representação e comercio de medicamentos e a empresa Lustosa assinaram contratos no valor de mais de 6,3 milhões de reais com a prefeitura de Tuntum.

Mesmo com quase sete milhões em medicamentos “comprados” pela prefeitura administrada pelo prefeito Tema os pacientes precisam comprar até soro fisiológico para serem atendidos no hospital. A população se queixa que o hospital e os postos de saúde não contam com o mínimo.

O MP precisa investigar os contratos e apurar se houve desvio de recursos da saúde pública municipal.

 Símbolo da corrupção e impunidade 

O prefeito de Tuntum é um dos símbolos da corrupção e impunidade do Maranhão, é suspeito de ter bancado a candidatura de sua esposa deputada Daniela Tema, com dinheiro público oriundo dos cofres da prefeitura de Tuntum e da FAMEM, federação dos prefeitos do Maranhão que também é custeada com recursos públicos.

O braço de Cleomar Tema no judiciário impede que a justiça chegue ao ex-presidiário que já foi preso pela polícia Federal no bojo da operação ‘rapina’ uma nova prisão não é descartada.

Erlânio Xavier mantém contrato de quase R$ 3 milhões com empresa acusada de furtar medicamentos

Erlãnio Xavier e Jadyel Silva Alencar

A empresa piauiense Dimensão Distribuidora, de propriedade de Jadyel Silva Alencar, está faturando uma fortuna no Maranhão.

No mês de janeiro, a Dimensão ganhou um contrato de 2.917.770,60 (DOIS MILHÕES
NOVECENTOS E DEZESSETE MIL SETECENTOS E SETENTA REAIS E SESSENTA CENTAVOS) que prevê a aquisição sob demanda de medicamentos e materiais laboratoriais  para atender o município de Igarapé Grande.

O município de Igarapé Grande, é administrado pelo prefeito e presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (FAMEM) (PDT). Além disso, Igarapé Grande, possui pouco mais de 11 628 habitantes de acordo com dados do IBGE. É de causar estranheza o elevado valor contratual assinado pelo prefeito e a dimensão distribuidora.

O histórico da empresa contratada pelo prefeito Erlãnio, não é dos ,melhores. A empresa Dimensão Distribuidora de Medicamentos Eireli, que tem sede no Piauí e já se viu envolvida num escândalo de produtos roubados, virou alvo de investigação da Promotoria de Justiça da Comarca de Buriti, por supostos prejuízos aos cofres públicos do município.

Saiba mais;

Em análise preliminar, o MP de Contas verificou que os preços indicados na ata originária do pregão n.º 11/2017 estão em média 136% acima do valor de mercado (apurado a partir de pesquisas em no painel de preços do Ministério do Planejamento), havendo casos em que o valor dos itens chegou a superioridade numérica de quase 438%.

Além disso, verificou-se ainda que os preços indicados na ata originária do pregão n.º 12/2017 estão em média 241,25 % acima do valor de mercado (apurado a partir de pesquisas em no painel de preços do Ministério do Planejamento), havendo casos em que o valor dos itens chegou a superioridade numérica de quase 5.245,06%. Consta, ainda, na representação do MPC, elementos indicativos dando conta de prejuízo virtual ao erário da ordem de R$ 7.353.794,73.