Laudo aponta que criança não foi estuprada por ex-prefeito

O caso do ex-prefeito de Santa Luzia, Ilzemar Oliveira Dutra, que foi preso acusado de abusar de uma criança de três anos, teve uma importante reviravolta.

Um laudo do instituto médico legal aponta que não houve estupro, porém não há possibilidade de  descartar ato libidinoso diverso.

O que pode inocentar o ex-prefeito da acusação.

Mãe mata filho de 4 meses na Cidade Operária

Uma mulher identificada como Zilpa Soares Silva, de 27 anos, foi presa na tarde de quinta-feira (28), em uma área de invasão na região da Cidade Operária, em São Luís, por ter matado o próprio filho de 4 meses. Ela própria procurou a polícia e relatou o crime.

“Estávamos na delegacia quando ela chegou e informou que teria matado o filho. Depois de ouvir o relato dela sobre os fatos, fomos até o local e constatamos que havia uma criança em óbito dentro de uma lavanderia”, contou o delegado da Cidade Operária, Lucas Smith.

Segundo a polícia, a mãe estava sozinha na casa e vizinhos não ouviram nenhum barulho no horário do crime. A criança foi encontrada dentro de um pequeno tanque, onde havia água dentro, mas ainda não há a confirmação de que houve um afogamento. Peritos do Instituto de Criminalística (ICRIM) investigam a real causa da morte.

Após o relato, Zilpa foi encaminhada para a Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP), em São Luís.

“Segundo a mãe, o menino chamava Gladson, mas era conhecido como Samuel. Ela disse que teria dormido depois do almoço e que, depois, teria refletido por algums minutos que não estava apta para criar a criança e que o melhor que ela teria para fazer era ceifar a vida dela. Ela disse ainda que está usando remédios controlados, inclusive o Diazepam”.

Bom Jardim realiza evento de conscientização sobre exploração sexual de crianças e adolescentes

A prefeitura Municipal de Bom Jardim através da Secretaria Municipal de Assistência Social(SEMAS), realizou na manhã de hoje (21), uma caminhada em alusão a campanha” Faça Bonito,proteja as nossas crianças e adolescentes 2019″, data que simboliza o alerta para casos de abusos e exploração sexual de crianças e adolescentes.

A cor da flor que simboliza a luta contra o abuso e a exploração sexual de crianças e adolescentes vestiu os participantes da caminhada promovida pela Prefeitura para alertar a população sobre o problema. O evento  reuniu dezenas de pessoas que percorreram as ruas do centro da cidade. Entre os participantes da ação estavam servidores das secretarias municipais e também de instituições não governamentais.

O evento contou ainda ,com uma apresentação dos alunos  da Escola Estadual Maria Luiz que fizeram uma dramatização para alertar e conscientizar  a população  sobre o tema.

A data é uma referência ao 18 de maio de 1973, data que marcou um crime bárbaro ocorrido em Vitória, no Espírito Santo, que chocou o Brasil e ficou conhecido como o ‘Caso Araceli’. Este era o nome de uma menina de apenas 8 anos de idade que foi raptada, estuprada e morta por jovens de classe média alta daquela cidade. Nenhum dos responsáveis foi punido pela violência seguida de assassinato.

Criança de um ano morre engasgada com pipoca em Turiaçu

Em Turiaçu, uma grande fatalidade foi registrada. Uma criança de um ano e quatro meses morreu engasgada.

Segundo informações os pais, Henrique Santana e Glenda Larissa estavam comendo pipoca caseira e deram para a criança, identificada como Pedro Henrique, que acabou se engasgando.

Desesperados, eles chegaram a fazer os primeiros procedimentos na tentativa de salvá-la. No entanto, não obteveram êxito.

Depois levaram o bebê para o hospital e, como não havia médico de plantão, os enfermeiros fizeram os procedimentos de primeiros socorros, porém a criança não resistiu e acabou morrendo minutos depois.

Pai é preso por estuprar a própria filha de 1 ano em Codó

Pedro Henrique Santiago Ramos, 20 anos, foi preso por estuprar a própria filha de 1 ano e 7 meses em Codó

No domingo (20), Pedro Henrique Santiago Ramos, 20 anos, foi preso por estuprar a própria filha de 1 ano e 7 meses em Codó.

Segundo informações da mãe da vítima, o suspeito teria aproveitado a sua ausência para cometer o abuso contra a criança no interior de sua residência. Ela relatou que notou um sangramento nas partes intimas da criança.

A vítima foi levada para o Hospital Geral Municipal (HGM) e se encontra em observação. Ela será submetida ao exame de violação para que seja confirmado o estupro.

A Polícia Militar informou que conseguiu localizar e prender o suspeito logo após receber a denúncia da mãe da vítima. Ele foi encaminhado para a 4ª Delegacia de Polícia Civil de Codó para que as medidas necessárias sejam tomadas.

O Conselho Tutelar foi informado da situação e está acompanhando o caso.

Pai é preso por estuprar a filha de 3 anos em Nova Olinda

Após a prisão, o criminoso foi encaminhado para a delegacia de Zé Doca, onde ficará à disposição da justiça.

A Polícia Civil prendeu Francisco da Silva Pereira, vulgo Kim, foi preso por abusar sexualmente da própria filha de 3 anos em Nova Olinda.

Segundo informações policiais, o crime aconteceu no dia 20 de fevereiro, na residência do pai, localizada no Povoado Monte Alegre, durante a noite.

Após a prisão, o criminoso foi encaminhado para a delegacia de Zé Doca, onde ficará à disposição da justiça.

Idoso é flagrado abusando de uma criança em São José de Ribamar

 

Nas imagens, um idoso aparece abusando sexualmente de uma menina dentro de uma residência na Vila Flamengo, nos fundos do Cemitério Jardim da Paz, em São José de Ribamar, na região metropolitana de São Luís.

O flagrante foi feito por uma pessoa que preferiu não se identificar. De acordo com a Polícia Civil, o crime aconteceu no último sábado (5) e parentes da vítima denunciaram o caso na DPCA.

“O caso está sendo apurado e a menina foi encaminhada para fazer exame. Ainda não temos informações se aconteceu ou não o abuso, que estamos investigando onde acontecia e desde quando”, informou a delegada da DPCA, Ana Zélia.

O idoso que aparece no vídeo não teve o nome divulgado. A família da menina não quis se manifestar sobre o abuso. Segundo o defensor público Joaquim Gonzaga neto, é de extrema importância formalizar a denúncia desses casos.

“Para todos os efeitos, o que a gente vê no vídeo é um estupro de vulnerável e que deve ser apurado pela polícia, que deve resultar em uma ação penal contra esse idoso. Quando a mãe, parente ou vizinho tomar conhecimento de violência sexual, psicológica ou física contra uma criança ou adolescente, há a obrigação de denunciar sob pena, inclusive, de ser responsabilizado”, afirmou o defensor público.

Descaso com crianças em Hospital de Godofredo Viana

A falta de respeito com a população de Godofredo Viana é sem tamanho e a cada dia que passa a situação fica mais absurda.

 O Ministério Público local pelo que parece não é nada atuante. Essa imagem em destaque no blog para a população do município é cena corriqueira, uma criança sobre uma das camas do hospital, além da falta de higiene que já é um absurdo, a secretaria de saúde se nega a colocar que seja um lençol sobre o colchão. 

 O desrespeito no município só se intensifica…

Mulher é presa em São Luís acusada de espancar a própria filha de 8 anos

A Polícia Militar do Maranhão prendeu no último sábado (13), no bairro Anjo da Guarda, em São Luís, uma mulher identificada como Cória Costa Pereira de 30 anos, suspeita de agredir a sua própria filha de apenas oito anos de idade.

Segundo a polícia a suspeita estaria espancando a criança por um tempo. Ao chegar a residência da mulher, a polícia constatou que a menina havia sido lesionada na altura do queixo devido a uma pedrada que foi jogada pela sua mãe contra ela. Além disso, a vítima apresentava ferimentos na mão esquerda, pernas e abaixo do joelho.

Cória Costa Pereira foi encaminhada para a Delegacia da área Itaqui-Bacanga onde ficará à disposição da Justiça.