Inove Saúde é contratada por quase R$ 5 milhões na prefeitura de Barreirinhas

Albérico Filho, prefeito de Barreirinhas

A prefeitura de Barreirinhas comandada pelo prefeito Albérico Filho (PMDB), contratou uma empresa para fornecer equipamentos odontológicos por uma verdadeira fortuna.

A I9 SAÚDE EQUIPAMENTOS MÉDICOS E ODONTOLÓGICOS LTDA, de propriedade dos sócios Diogo Eduardo Lobo Cruz e Raphaella Duailibe Leda Cruz, deve faturar pouco mais de quatro milhões e novecentos mil reais no ano de 2019 no município.

A empresa que tem sede em São Luís no bairro parque Shalon, virou uma verdadeira “papa” tudo dos contratos com o mesmo objeto em diferentes prefeituras do Maranhão, várias denúncias de irregularidades em certames vencidos pela empresa têm sido recebidas pelo blog. Ainda foi informado que alguém de muita influência no meio politico e empresarial pode estar por trás de alguns dos contratos vencidos pela INOVE. Mais ai é outra história!

Fundo a Fundo

As emendas parlamentares destinadas aos municípios para o chamado fundo a fundo da saúde tem irrigado os cofres da empresa Inove Saúde, o grande problema é que a falta de equipamentos e materiais hospitalares ainda permanece em diversos municípios que receberam os recursos. É no mínimo estranho!

Prefeitura de Viana já gastou R$ 6,3 milhões em locação de máquinas pesadas

Prefeito de Viana, Magrado Barros

R$ 6.345.457,09 milhões. Este é o valor que a Prefeitura de Viana disponibilizou para as despesas  com a locação de veículos automotores  e máquinas pesadas, com motorista e operador.

Os contratos foram celebrados com as empresas Agnus Construções e Serviços LTDA-ME e L A Meireles Gomes Empreendimentos e Construções.

Para a empresa Agnus Construções , que fica localizada no município de Cachoeira Grande, o Executivo  de Viana já repassou R$ 2.177.664,00 milhões ( dois milhões, cento e setenta e sete mil, seiscentos e sessenta  e quatro reais). A empresa é administrada  pelos sócios Francisco de Assis Guedes Correia e Natália Ferreira Guedes.

Já a empresa L A Meireles Gomes, que localizada em Viana, recebeu R$ 4.167.793,09 milhões.

 

Prefeitura de Viana firma contratos de R$ de 3,3 milhões com produtoras de eventos

Prefeito de Viana, Magrado Barros

A Prefeitura de Viana destinou uma fatia generosa do orçamento do Executivo para empresas de eventos que serão responsáveis  na realização de festas conforme o calendário do município.

De acordo informação divulgada pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE), mostra que os contratos foram firmados com as empresas Leomar da Silva Pereira LTDA e Morais Comércio  e Serviços LTDA.

O valor que será pago às produtoras de eventos, gira em torno de R$ 3.337.733,50 milhões.

A detentora da maior fatia dos contratos ficou por conta   da empresa  Morais Comércio e Serviços, que tem como proprietário Silvio Henrique de Moraes Mendonça,  receberá R$ 2.020.783,50 milhões. A empresa que fica localizada em Barreirinhas , renovou dois contratos com o Município de Viana em junho deste ano.

 

 

Pequenos reparos nos prédios públicos de Tuntum devem custar R$ 660 mil

Prefeito de Tuntum, Cleomar Tema ladeado de sua esposa deputada Daniela Tema

O município de Tuntum administrado pelo prefeito Cleomar Tema, vai gastar uma verdadeira fortuna com a prestação de serviços de pedreiro, servente de pedreiro, eletricista e carpinteiro para fazer pequenos reparos em prédios municipais.

Para realizar os serviços a prefeitura firmou contrato com pelo menos duas empresas do município, sendo elas; Paulo Rogério Gomes da Silva 17617153805, L. AUGUSTO DE HOLANDA.

Os contratos com a empresa de Paulo Rogério Gomes da Silva giram em torno de R$ 415 mil, já a LH construções deve lucrar R$ 244.750,000 (Duzentos e quarenta e quatro mil setecentos e cinquenta reais).

Os contratos somados chegam aos R$ 660 mil, aliados políticos do prefeito Cleomar Tema e até funcionários foram agraciados nos contratos. O blog vai revelar mais detalhes na próxima matéria.

Em três anos, Cláudia Silva já soma mais de R$130 milhões em contratos

 

Prefeita de Monção, Claudia Silva

A Prefeitura Municipal de Monção,administrada por Klatenis Deline Oliveira Nussrala, a Cláudia Silva, já gastou em três anos  R$ 117.239.228,58 milhões em contratos.

O valor divulgado equivale aos anos de 2016 ,2017 e 2018 após levantamento  feito pelo Blog do Werbeth Saraiva.  Os dados foram  divulgados pelo Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCE-MA).

De acordo o TCE, em procedimentos licitatórios foram celebrados em três anos, 403 contratos com empresas para prestação e fornecimento  de materiais e serviços.

Já em 2019, a gestão de Cláudia Silva, já firmou 98 acordos contratuais que chegam a somar R$ 20.377.761,85 milhões. Mas vale lembrar, que a nossa redação recebeu denúncias informando o descaso e abandono do município. Há informações  que apontam  falta de merenda escolar e de medicamentos nos postos de Unidade Básica de Saúde, além da falta de infraestrutura na cidade.

BOMBA! MP investiga contratos realizados na gestão Ilvane Pinho em Presidente Médici

O Ministério Público do Maranhão por intermédio do promotor da comarca de Santa Luzia do Paruá, resolveu abrir inquérito civil para apurar a legalidade e necessidade de contratos temporários e cargos comissionados pela atual gestão do Município de Presidente Médici-MA.

De acordo com o MP, o feito foi instaurado originalmente como Notícia de Fato, após pedido de auditoria por órgãos de controle ao Município de Presidente Médici-MA, relatando a existência de vultosos pagamentos a serviços fantasmas, empresas inexistentes e até empresas com endereços de agentes comissionados acarretando ao Município a falta de serviços básicos, serviços deficitários ou até inexistentes.

Diante das denúncias e da necessidade das diligências no caso, para melhor se apurar os fatos em referência, o Ministério Público resolveu instaurar um  inquérito civil com o objetivo de apurar legalidade e necessidade de contratos temporários e cargos comissionados pela atual gestão do Município de Presidente Médici-MA., devendo para tanto serem procedidas as diligências necessárias para posterior realização de Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), bem como para posterior ajuizamento de Ação Civil Pública, de Improbidade Administrativa ou outras medidas judiciais.

Empresa de Vitória do Mearim fatura mais de R$ 1 milhão em Turilândia

Prefeito de Turilândia, Alberto Magno

A prefeitura de Turilândia contratou a empresa A L O CANAVIEIRA EIRELI por valores exorbitantes o objeto do contrato é o fornecimento de materiais permanentes para o Município.

A aquisição de materiais permanentes no ano de 2019 deve custar R$ 1.042.260,00 (Um milhão quarenta e dois mil duzentos e sessenta reais) a empresa que tem sede no município de Vitória do Mearim e pertence a Ana Lourdes Oliveira Canavieira deve lucrar pouco mais de R$ 88 mil reais mensais.

O município de Turilândia administrado por Alberto Magno escoa grande quantidade de recursos em contratos milionários com empresas que de acordo com levantamento realizado pelo blog do Werbeth Saraiva pertencem á amigos e aliados de Alberto, Inclusive pessoas que contribuíram com a campanha as que lhe elegeu. O blog deve publicar em primeira mão um levantamento realizado onde mostra a proximidade de Alberto e de seus familiares com empresas que estão faturando alto no município. Aguardem.

Veja; 

“Rei” dos esquemas, ex prefeito de Primeira Cruz ainda continua mandando e desmandando na prefeitura

A “mamada” da construtora Santa Margarida denunciada no fantástico em 2014 foi grande na época do Ex prefeito Sérgio Ricardo de Primeira Cruz no Maranhão.

A construtora Santa Margarida envolvida em vários escândalos e denunciada em rede nacional  faturou mais de R$ 7 milhões em primeira cruz na época do prefeito Sérgio.

A construtora teve participação em esquema com vários outros municípios.
O que chama a atenção é que nos últimos seis meses do mandato do ex prefeito foram realizadas diversas transferências para a referida empresa denunciada desde 2014, totalizando R$ 1.192.273,88, ( Um milhão cento e noventa e dois mil duzentos e setenta e três reais e oitenta e oito centavos.)

A empresa ainda realizou em 2013 um contrato para construção de escolas nos valores R$ 6.504.004,05 (Seis milhões quinhentos e quatro mil quatro reais e cinco centavos). Em outro contrato o valor fechado para pavimentação de vias públicas com bloquete, foi de 885.653,80 (oitocentos e oitenta e cinco mil, seiscentos e cinquenta e três reais e oitenta centavos).

Ex prefeito ainda manda e desmanda no município…

Mesmo após deixar a prefeitura, Sérgio ainda continua a mandar no município através do vice prefeito Nilson do cassó, que assumiu o cargo de prefeito numa articulação imoral que cassou através da câmara de vereadores o prefeito George Luiz. Enquanto isso o povo continua sendo refém da tirania daqueles que não estão preocupados com o. desenvolvimento do município e com o bem estar social da população de Primeira Cruz.

Sistema de votação da CMSL deve custar quase R$ 100 mil reais

Presidente da CMSL, Osmar Filho

O presidente da Câmara Municipal de São Luís contratou a empresa RIOLE ELETRÔNICA LTDA-EPP, para executar os serviços de sistema automatizado e microfones para plenário.

R$ 86.801,90 (Oitenta e seis mil oitocentos e um real e noventa centavos.) Esse é o valor do contrato assinado pelo chefe do legislativo municipal de São Luís e a empresa do estado do Paraná.

A RIOLE ELETRÔNICA LTDA-EPP pertence aos empresários Eloir Antônio Moro e Eliana Gaida Percegona.

O contrato firmado teve prazo final de execução de 15 dias.

Campeã de contratos da baixada empresa F. A. A. AMORIM SERVIÇOS EIRELLI fatura mais um de R$ 700 mil em Alcântara

A prefeitura de Alcântara MA  contratou a empresa F. A. A. AMORIM SERVIÇOS EIRELLI-ME para fornecer material expediente ao município. 

A empresa de propriedade de Frederico Adson Alcântara Amorim, foi contratada por mais de 700 mil pelo município. 

A F. A. A. AMORIM SERVIÇOS EIRELLI-ME  é campeã de vencer licitações em varias prefeituras da baixada Maranhense para se ter ideia no ano de 2018 a empresa vem “abocanhando” de uma das prefeituras da baixada Maranhense a bagatela de quase 10 milhões de reais.