Investigado por lavagem de dinheiro ganha contrato de R$ 110 mil mensais em Nunes Freire

Governador Nunes Freire. Foto reprodução do Google

O município de Governador Nunes Freire declarou a empresa ‘Construprime Empreendimentos’ do município de Bacabal, vencedora do certame que tem como objeto manutenção e correção da iluminação pública. De acordo com contrato divulgado pela Secretaria de Obras do Município, a empresa lucrará até o fim do ano exatos; R$ 1.320.299,28 (Um milhão trezentos e vinte mil, duzentos e noventa e nove
reais e vinte e oito centavos).

Serão pouco mais de R$ 110 mil por mês nos cofres da empresa que pertence ao empresário Romulo Nascimento da Costa. O valor do contrato levanta suspeitas de superfaturamento tendo em vista que outros municípios do mesmo porte geográfico realizaram contratos para o mesmo objeto, porém com valores mais abaixo.

A empresa de Bacabal está enrolada em uma investigação do Ministério Público no município de Bela Vista do Maranhão. O MP investiga se o prefeito e a empresa lavaram dinheiro público em contratos para reformar obras que teriam sido inauguras em um período de menos de um ano. O contrato suspeito e que foi levado ao conhecimento do MP no município de Bela Vista é o de número 2506002/2020.

Mesmo com o péssimo histórico, a empresa venceu o milionário contrato no município de Governador Nunes Freire que deve ser investigado por órgãos fiscalizadores competentes pois existem suspeitas de direcionamento e superfaturamento do mesmo, que se confirmados podem acarretar grande dano ao erário público.