Amigo do vereador Aldir Jr é detentor de quase R$ 3,1 milhões em contratos na prefeitura de Centro do Guilherme

Proprietário da Lmaps Márcio Roberto, vereador Aldir Jr e Detinha

Engana-se quem pensa que a pandemia do covid-19 afetou financeiramente empresários que atuam no setor público, ou seja, que são contratados por agentes públicos para realizarem serviços de interesse coletivo de determinado município ou órgão público.

Em Centro do Guilherme, município administrado pelo prefeito Zé de Dário do PL, as suspeitas de direcionamento e superfaturamento em diversas contratações, inclusive com recursos federais existem por todas as secretarias.

Para ampliar as escolas públicas, por exemplo, Zé de Dário contratou a empresa Lmaps comércio e serviços LTDA dos empresários Paulo Roberto Ferreira Sousa e Marcio Roberto Silva Sousa, por quase um milhão de reais. O interessante é que essas ampliações nos prédios escolares, ocorrem todos os anos no mesmo município e mais interessante ainda é que o blog recebeu denúncias de que a mão de obra utilizada no serviço municipal é de pessoas que se quer possuem qualquer vínculo empregatício com a empresa instalada em uma sala de poucos metros quadrados em um dos edifícios da charmosa capital maranhense.

Os proprietários da Lmaps comércio e serviços são indivíduos de grande sorte, pois os mesmos, abocanharam outro contrato no mesmo município, só que desta vez para realizarem a construção do centro administrativo local. O novo centro administrativo de Centro do Guilherme deve ser um prédio no estilo dos prédios da copa do mundo, tendo em vista o valor do contrato para execução do objeto que é nada menos que dois milhões e noventa e cinco mil reais. É outro contrato que se investigado já pelas autoridades corregedoras do estado, pode dar muita dor de cabeça tanto para o gestor quanto para os empresários, tendo em vista que a suspeita de superfaturamento na construção do centro administrativo é grande.

Veja:

 Direcionamento

Nada mais justo.

A origem dos contratos da Lmaps e o município de Centro do Guilherme pode estar relacionada ao casal de deputados Josimar e Detinha (Ex-prefeita de Centro do Guilherme) e ao vereador de São Luís, Aldir Júnior, que é amigo e foi apoiado pelo dono da empresa, Márcio Roberto nas eleições da capital. Suspeita-se inclusive que Aldizinho comanda um conglomerado de empresas que prestam serviços em diversos municípios administrados pelo consorcio do PL (Partido Liberal) no interior do Maranhão. Mas isso é noticia na próxima reportagem.

Empresária fatura quatro milhões em contratos em dois meses e acusa prefeituras de calote

Empresária Glenda Suzy Rodrigues de Macedo

As prefeituras de Maranhãozinho, Zé Doca e Centro do Guilherme viraram uma verdadeira “mina de ouro” para a empresária Glenda Suzy Rodrigues de Macedo.
Proprietária da empresa G S R. de Macedo o comercial Macedo, foi criado no ano de 2018 e de forma surpreendente nos primeiros dois meses do ano de 2019 já abocanhou pelo menos cinco contratos que somados ultrapassam os quatro milhões de reais.

Material de expediente, escolar e alimentos estão entre os objetos dos contratos que a pequena empresa com capital social de noventa mil reais acumula.
De acordo com denúncias recebidas pelo blogue do Werbeth Saraiva, a empresa sequer tem estrutura para fornecer os produtos, o blogue ainda foi informado que os processos licitatórios vencidos pela empresa G S R, teriam tido interferência de agentes públicos. Mais isso é com o Ministério Público.

Outro Lado

Procurada por nossa reportagem, Glenda Macedo, proprietária da empresa revelou que trabalha de forma correta e insinuou ainda que o editor do blogue procura vantagens indevidas quando questiona sobre as denúncias de favorecimentos nos contratos milionários que a mesma obtém em municípios do estado do Maranhão.

Calote

Ainda segundo a empresária, os municípios de Maranhãozinho, Zé Doca e Centro do Guilherme teriam aplicado um calote em sua empresa, pois segundo ela não estão pagando as compras.
O espaço contínua aberto para manifestações!