PRF prende condutor trafegando com CNH falsa na BR-230

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu na última segunda-feira (9) um condutor de uma caçamba que trafegava com uma Carteira Nacional de Habilitação (CNH) falsa na BR-230 na cidade de Balsas.

Segundo a PRF o condutor  foi flagrado na noite de segunda no km 404 da BR-230 em Balsas no momento que os policiais rodoviários realizam abordagem na região.

Ainda segundo informações, os policiais desconfiaram do documento e realizaram consultas nos sistemas, que constataram que a CNH não tinha procedência. Diante do exposto, a equipe encaminhou o condutor para a Polícia Civil de Balsas para as providências que o caso requer.

A caçamba ficou retida na delegacia PRF de Balsas em razão da existência de infrações de trânsito.

Caçamba ficou retida na delegacia PRF de Balsas em razão da existência de infrações de trânsito observadas durante a fiscalização — Foto: Divulgação/Polícia Rodoviária Federal

Campeã de contratos em Balsas, Empresa de Paço do Lumiar fatura mais um de R$ 300 mil

Erik Augusto Costa e Silva

A prefeitura de Balsas administrada pelo prefeito Erik Augusto Costa e Silva firmou contrato com a empresa BARA CONSTRUÇÕES E PERFURAÇÕES EIRELI de propriedade de CARLOS HENRIQUE BELFORT FONSECA para a prestação de serviço com fornecimento e implantação de sinalização horizontal e vertical nas vias urbanas.

O contrato firmado entre a prefeitura e a empresa vai custar R$ 300.148,68 (trezentos mil, cento e quarenta e oito reais e sessenta e oito centavos.) O valor é irrisório porém, o que  chama atenção nisso, é que a maioria dos processos licitatórios que ocorrem em Balsas a empresa de Carlos Henrique, sempre vence os certames. Por exemplo; no dia 19/11/2018 Carlos Henrique “abocanhou” R$ 357.581,450000 para manutenção predial no município, entre muitos contratos em Balsas que coincidentemente a mesma empresa vence.

BARA CONSTRUÇÕES E PERFURAÇÕES EIRELI

A empresa de Carlos Belfort é uma especie de “faz tudo” no contrato razão social tem desde Fabricação de gases industriais, até Transporte rodoviário coletivo de passageiros . 

É preciso que o Ministério Público Federal e os demais órgãos de controle, fiquem atentos!

VEJA:

 

Jovem é preso por suspeita de furto horas após ter saído do presídio em Balsas

A Polícia Militar do Maranhão prendeu Francisco Marques da Silva Mota, de 19 anos, por suspeita de furtar uma loja de joias e bijuterias em Balsas, a 810 km de São Luís. Após a prisão, a polícia identificou que ele havia saído do presídio horas antes de cometer o crime.

Ele conseguiu ser identificado com a ajuda do sistema de segurança da loja. Após buscas na região, o suspeito foi preso e os objetos foram recuperados. Segundo a Polícia Militar, o jovem já possui várias passagens pela polícia e a maioria por furtos e roubos a residências e lojas da cidade.

Segundo a polícia , Francisco Marques da Silva Mota havia saído do presídio horas antes de cometer o furto. (Foto: Reprodução/TV Mirante)

Segundo a polícia , Francisco Marques da Silva Mota havia saído do presídio horas antes de cometer o furto. (Foto: Reprodução/TV Mirante)

“Ele foi posto em liberdade na tarde e a noite já estava praticando o furto. Ele entrou em uma loja que vende joias e levou aproximadamente R$ 40 reais em produtos. Em uma boa ação da força tática da Polícia Militar, ele foi localizado posteriormente em outro bairro, mas foi preso e as joias foram recuperadas”, explicou o tenente-coronel Juarez Medeiros, comandante do 4ª Batalhão de Polícia Militar.

Francisco Marques da Silva Mota e os objetos apreendidos foram encaminhados para a delegacia de Polícia Civil de Balsas.

Enquanto população passa por dificuldades, prefeito de Balsas vai gastar quase 1,4 milhões com propaganda

A Prefeitura de Balsas, comandada pelo Prefeito Erik Augusto Costa e Silva(PDT), firmou dois contratos elevados com a empresa TEXTO E ARTE
PROPAGANDA LTDA – EPP

A empresa e responsável pelo fornecimento de prestação de serviços
de publicidade

Localizada no município de Sao Luis  a empresa é de propriedade dos sócios LUIS HENRIQUE PINHEIRO e

JAMPIERRE DA SILVEIRA SANTOS
O valor do contrato de R$ 1.380.816,72 (um milhão trezentos e oitenta mil oitocentos e dezesseis
reais e setenta e dois centavos)

 

A vigência dos contratos é de 12 (doze) meses, de acordo como a publicação no diário oficial.

VEJA OS EXTRATOS:

 

Condições de estradas no sul do Maranhão pioram com chegada de chuvas

As condições das estradas de acesso a fazendas e também as rodovias usadas para escoar a produção agrícola na região sul do Maranhão pioraram com a chegada das chuvas. Como choveu bastante no final de semana os acessos que já não estavam em bom estado pioraram.
O caminhoneiro Cícero Ramos saiu de Pernambuco para transportar soja na região sul do Maranhão, mas não esperava enfrentar tanta lama. Ele ficou esperando por mais de 12 horas para poder passar por um trecho de cerca de 20 metros.
O caminhoneiro admite que não está fácil trafegar pelas estradas no estado. “A situação não está fácil. Tem lugar que é bom, que dá para a gente ir e vim. Só que tem lugar que é difícil tipo aqui. Estrada dessa um pedacinho, um negócio de 20, 30 metros nós não passamos mais. Mesmo com o caminhão vazio não dá para passar”.
As maiorias das estradas usadas para o escoamento da safra agrícola são de chão batido; o que dificulta ainda mais para os caminhoneiros que precisam enfrentar o problema.
No pico da colheita da safra são mais de 400 caminhões saindo diariamente das lavouras de Balsas e mais da metade da safra maranhense, e também parte da safra do sul do Piauí passam pela MA-006.
A MA-006 sempre foi motivo de reclamação dos caminhoneiros. Em alguns trechos a recuperação da rodovia foi feita com barro, mas com a chuva e o tráfego intenso de caminhões a erosão deve aumentar.
O trecho com asfalto é a BR-230, mas a chuva também já deixou algumas marcas. Os buracos já começaram a se espalhar, principalmente no trecho entre os municípios de Balsas e São Raimundo das Mangabeiras.

G1 MA

Weverton beneficia municípios com incentivo à agropecuária em 2017

Por iniciativa do deputado federal Weverton, dezenas de municípios maranhenses foram beneficiados, em 2017, com insumos para incentivo à produção agropecuária, contribuindo com a economia de pequenos e grandes produtores do estado. Com o investimento de aproximadamente R$ 7 milhões, a emenda do deputado pedetista possibilitou à Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), órgão ligado ao Ministério da Integração Nacional (MI), a compra de patrulhas agrícolas mecanizadas; pás carregadeiras; caminhões F-4000, equipado com carroceria de madeira; caminhões basculantes; tanques de resfriamento de leite; caixas d´água; baldes de ordenha e vasilhames de leite; e ração para peixe.

Ao todo 46 municípios foram beneficiados. Os equipamentos serão utilizados pelas comunidades rurais para auxiliar no preparo de áreas para plantio e colheita. O objetivo é fomentar a produção no campo, bem como subsidiar a agricultura familiar nestes municípios, por meio, ainda, da comercialização dos produtos agrícolas para atender o mercado local.

Para Weverton, diante da crise econômica que se instalou no país, os municípios são os maiores prejudicados, pois têm grandes obrigações e poucos recursos para cumpri-las. “A parceria entre os Legislativos e Executivos federal, estadual e municipal é a solução para enfrentar a crise”, afirmou o parlamentar. Ele acrescentou que, para isto, é necessário que cada um faça a sua parte.

Municípios beneficiados

Ao longo de 2017, 25 municípios já receberam os kits agrícolas. Os outros 21 estão aguardando a assinatura do convênio ou o envio por parte dos fornecedores. Entre os que já estão usando os equipamentos estão Alto Alegre, Amarante Maranhão, Anapurus, Balsas, Barra do Corda, Bernardo do Mearim, Codó, Formosa da Serra Negra, Fortaleza dos Nogueiras, Grajaú, Igarapé Grande, João Lisboa, Lago da Pedra, Montes Altos, Pastos Bons, Santa Inês, São Bernardo, São Francisco do Brejão, São João dos Patos, São Luís Gonzaga do Maranhão, São Mateus,São Raimundo do Doca Bezerra, Timon, Tufilândia e Vitorino Freire.