CHAMEM O GAECO! Empresa investigada pela PF já faturou mais de R$ 23 milhões em contratos em Axixá

Prefeita de Axixá indo para sua primeira temporada na cadeia

A “parceria” entre os empresários Glabsom de Jesus pereira, Paulo Henrique Almeida pinheiro e a prefeita Sônia Campos de Axixá é bem sólida e sobrevive até mesmo uma investigação da Polícia Federal.

De acordo com dados colhidos no Tribunal de Contas do Estado á GPA  construções e serviços LTDA, já firmou mais de 23 milhões de reais em contratos na gestão da prefeita Soninha Campos de Axixá.

No topo da maior contratada em quatro anos no município o órgão de contas do Maranhão informa que de 2016 á 2019 os empresários da Raposa assinaram contratos na casa dos R$ 23.817.638,00 (Vinte e três milhões oitocentos e dezessete mil seiscentos e trinta e oito reais) apenas no município de Axixá.

Os empresários Glabson de Jesus e Paulo Henrique Pinheiro “donos” da GPA, já estão sendo investigados pela Policia Federal em inquérito que apura uso irregular de precatórios do Fundef pela prefeitura de Anapurus. Os dados foram revelados pelo portal ATUAL7.

O blog tomou conhecimento que os contratos firmados entre a gestão de Axixá e a empresa GPA serão levados ao conhecimento do GAECO e do MPF.

Axixá um dos polos da corrupção no Maranhão…

Prefeita municipal responde diversos processos na justiça federal. A cada dia um inquérito novo

Os acordos e conchavos que permitem livre governabilidade em alguns municípios do Maranhão podem complicar e muito os gestores diante de autoridades corregedoras.
No município de Axixá que é comandado pela prefeita Sônia Campos, que inclusive já foi presa no bojo de uma operação contra corrupção deflagrada pela Policia Federal não é diferente.

Sônia abriga na folha do executivo municipal centenas de servidores fantasmas. O crime ocorre em diversas secretárias do município com intensidade nas de saúde, administração e educação.

São inúmeros os parentes e aderentes de vereadores da base da gestão que estão loteados sem nem pisar nos postos de trabalho, pessoas que moram na capital São Luís, loteados de forma imoral na fopag do pobre município.

Além das irregularidades quanto às contratações de servidores fantasmas por parte da gestão o esquema de corrupção e desvios de verbas da saúde, educação e assistência social no município parece não ter fim.

Reformas que não acontecem, ampliações que não existem, remédios que não chegam às mãos de quem mais precisam transporte escolar de péssima qualidade.

Ao longo da semana a história completa!

Duas pessoas morrem afogadas após veículo cair no rio Munim, em Axixá

O carro de modelo Classic, de placas NND-6832, da cidade de Bacabeira, foi achado por populares. Até o momento não tem relatos de como aconteceu o acidente

Na manhã desta segunda-feira (18), duas pessoas morreram afogadas após um carro cair no Rio Munim, em Axixá.

Segundo informações preliminares, no veículo tinham três ocupantes, sendo que o primeiro foi identificado como José Conceição Silva Filho, conhecido como Zé da Farinha; o segundo ainda não teve a identidade divulgada, e o terceiro está desaparecido.

Zé da Farinha foi candidato a vereador em Bacabeira nas últimas eleições municipais.

O carro de modelo Classic, de placas NND-6832, da cidade de Bacabeira, foi achado por populares. Até o momento não tem relatos de como aconteceu o acidente