Cidadania abre mão de projeto próprio para ser coadjuvante na chapa de Madeira

Senadora Eliziane Gama

Comandado com mãos de ferro pelo ex-deputado Roberto Freire, o Cidadania parece condenado à triste sina de existir na sombra da senadora Eliziane Gama. Na capital São Luís, o partido foi do apogeu à derrocada entre as eleições de 2012 e 2016.

Não fosse o governador Flávio Dino, em 2018, o ex-PPS estaria condenado à extinção. Foram mais de 1,5 milhão de votos que catapultaram Eliziane Gama ao Congresso Nacional, elevando as expectativas na legenda para o pleito de 2020.

A sete meses da eleição, o Cidadania parece não saber o que fazer. Após conversas com Duarte Junior, Yglésio Moyses, Jeisael Marx e Rubens Pereira Jr, todas candidaturas viáveis, a opção parece ser a do nome de Carlos Madeira, um ex-juiz desconhecido pela maioria da população de São Luís.

A opção, mais pessoal do que política, deve elevar Eliel Gama, irmão da senadora, à vaga de vice-prefeito de Madeira. Não porque ele acredite nas chances do dono do Val Paraíso Acqua Park, mas pelo que o poderio econômico e a visibilidade do pré-candidato do Solidariedade podem proporcionar. Eliel sonha com o cargo de deputado e fará tudo o que for possível para alcança-lo.

Malquisto pelo comunista Flávio Dino e por parte considerável da política local, Eliel pode decretar o fim do partido da irmã, sufocando qualquer possibilidade de ela alcançar a reeleição. Antes, claro, ele deve decretar o fracasso de Carlos Madeira, afastando o Palácio dos Leões de qualquer negociação com a chapa do Solidariedade à Prefeitura de São Luís.

E assim caminha o Cidadania, muito mais a serviço dos interesses da família Gama/Mello, equiparando-se à uma legenda de aluguel que suspende qualquer debate entre os seus filiados apenas para atender os interesses dos próprios donos.

Pesquisa encomendada pelo palácio aponta queda de Eduardo Braide e não aponta crescimento de Eliziane Gama

Eduardo Braide

Aliados e pretensos aliados do deputado Federal Eduardo Braide (PMN), trataram de espalhar que uma pesquisa realizada por um conhecido instituto da grande ilha não teria descoberto a queda livre do deputado federal.

Ora, pesquisa para consumo interno não é obrigado ser divulgada, quem pagou divulga se quiser, simples.

A última pesquisa realizada em São Luís pelo instituto que trás o codinome da ilha do amor aponta sim a queda de quase dez pontos do pré-candidato Eduardo Braide.

O blog no entanto tomou conhecimento da pesquisa e dos resultados por meio de um deputado federal e ex-secretário do governo Flávio Dino.

E sobre os demais pré-candidatos, posso afirmar que Neto Evangelista (DEM), Birá do Pindaré (PSB) e Dr. Yglésio (PDT) oscilaram positivamente.

Outro factoide que desmonto aqui com clareza é que a senadora Eliziane Gama se quer apareceu na pesquisa.

  

Podem anotar!

Pré-candidatura de Hélio Soares a prefeitura de Turiaçu é puro Blefe

Hélio Soares

O movimento do deputado Hélio Soares em relação à política do município de Turiaçu é puro Blefe. 

O grupo liderado por Hélio em Turiaçu sentiu vontade de pressionar o parlamentar em relação às eleições de 2020, o intuito do grupo é lançar um candidato das entranhas do povo de Turiaçu, percebendo a movimentação dos aliados, Hélio resolveu lançar uma pré candidatura com uma única intenção, “segurar” o grupo e evitar o que ele mais odeia que é gastos. 

O blog deve trazer mais informações dos bastidores da política do município em breve.

Em ICATU possíveis pré candidatos a prefeito já fazem grandes movimentações nos bastidores da política local, pensando em 2020…

A certa distância das eleições municipais de 2020, muitos são os nomes que surgem no cenário eleitoral icatuense, prometendo ser uma boa disputa.
Ao que se especula pelas ruas e avenidas da cidade, dentro do próprio governo municipal, dois grandes políticos pleiteiam a vaga e a preferência do prefeito: o vice, Zizinho (PRB) e o vereador Bill de Cabué (PMN) – este último sobrinho do atual Prefeito do Municipio, Dunga (PMN).
Apesar de ser de conhecimento geral sobre a insatisfação dos munícipes quanto a atual gestão (ainda mais dos professores), grandes nomes surgem na oposição, entre eles, o Vereador Thiago Almeida (PMN), Ex- Prefeito Juarez Lima (PMDB), Ex-Prefeito Zezinho Matos (PDT), e por fim, o ex Vereador Marquinhos (PDT), apoiado pelo Deputado Federal JR Marreca .
O que chama a atenção é justamente o crescimento de grupos políticos alheios, evidenciando a existência da Terceira Via Eleitoral, encabeçadas pelo Advogado Gaudison Oliveira (PRB) conhecidos como Gagau, filho do Ex-vice prefeito, Sr. Zequinha da Birosca.
Em conversa com o Deputado Federal Kleber Verde (PRB), foi confidenciado ao Blog a intenção mais que redobrada do parlamentar no intuito de conceder total apoio ao Candidato Dr. Gagau, justificando ainda sua força política na região, e arcabouço financeiro para desbancar qualquer grupo político.
A questão é, que a eleição municipal em Icatu-MA, mostra-se, desta vez, uma das mais concorridas, entretanto, como sabemos, o que importa é a vontade do povo.
Isso ainda vai dar muito o que falar…