Professora Rosinha é considerada ficha limpa e deve ser reeleita prefeita em Cururupu

O Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCE), revisou e inocentou a prefeita da cidade de Cururupu, a professora Rosinha (PCdoB).

Ela foi absorvida por unanimidade no processo em que foi condenada por despesas relacionadas ao Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica – FUNDEB, em 2007 quando foi secretária de educação do município.

A defesa da prefeita protocolou um recurso de revisão, onde foi justificado que não existiam motivos para condenação das contas da acusada. A decisão teve parecer favorável até mesmo do Ministério Público, e suas contas foram aprovadas.

Com o novo parecer, a prefeita Rosinha se mantém como a grande força política de Cururupu. Agora ficha limpa, ela está elegível para as eleições municipais de 2020.

Considerando o cenário político, ao ter o apoio do governador Flávio Dino e de todo trabalho que vem realizando no município, Rosinha deve se manter no comando da prefeitura.

Deixe uma resposta