Com jatinho pronto, mãe desiste de clínica particular e opta por hospital público de Balsas

O parto de Miguel seria delicado. Após um quadro de diabetes gestacional, infecção no sangue, perda de líquido amniótico e outras complicações, a equipe particular de especialistas que acompanhava Anne Evellyn Fortes Camera recomendou uma cesariana com 33 semanas de gestação. Em condições normais, o parto seria feito somente com 40 semanas.

Com o diagnóstico de parto de risco, Anne e o marido, o empresário e produtor rural Régis Bedin Camera, começaram uma corrida em busca da vida e da saúde do segundo filho. A família mora na cidade de Balsas.

 

“A gente já estava com o avião particular para ir para Araguaína ou Goiânia. A minha obstetra queria para Araguaína porque seria mais perto e nós queríamos em Goiânia, porque teríamos onde ficar lá”, contou Anne. A família estava num dilema.

Filho de Balsas

Nada disso foi preciso, entretanto. Antes de pegar o avião, a família tomou outra atitude. “Entramos em contato com o diretor do hospital Macrorregional daqui de Balsas e ele nos garantiu: ‘Podem confiar, o hospital está pronto para atender’”, conta a mãe.

No início, Régis e Anne ficaram reticentes, com receio de que um hospital público não pudesse oferecer a mesma qualidade de uma clínica privada. Mas logo perceberam que o Hospital de Balsas, inaugurado pelo Governo do Maranhão em setembro de 2017, estava preparado. O jatinho, então, foi dispensado.

No dia 27 de outubro do ano passado, Miguel nasceu; e logo após o parto, que foi um sucesso, foi internado na UTI Neonatal. Ele ficou em uma incubadora, onde ficou recebendo as medicações e sendo acompanhado.

A mãe teve atendimento especializado inclusive para tratar o quadro de tensão durante o período, que acabou prejudicando o problema anterior de hérnia de disco. “Fui acompanhada por fisioterapeutas, fonoaudiólogos, deu tudo certo”, diz Anne.

O pai, Régis, também ficou só alegria: “Pra mim, era importante ver meu filho nascendo em Balsas, na nossa origem mesmo. Foi uma grande alegria. Só tenho a agradecer a toda a equipe e elogiar a estrutura apresentada”.

Anne e o esposo Regis na UTI Neonatal do Hospital. (Foto: Arquivo pessoal)

Sobre a dúvida e a confiança de realizar o parto em um hospital público, na cidade de Balsas, Anne não esconde a admiração: “Com certeza foi a melhor decisão! Sabíamos que o hospital era novo, mas não imaginávamos que seria tão bom! Desde o segurança da portaria, os médicos, enfermeiros, foi tudo como hospital de cidade grande! A limpeza, então…”.

Anne também reconhece a importância da unidade hospitalar para outras mães da região: “É muito bom, a gente precisava demais. Imagina quantas mães tinham que sair antes atrás de um hospital em outra cidade numa situação tão delicada como essa”.

Alta Complexidade

De acordo com o diretor do hospital, Eliabe Wanderley da Silva Aguiar, o parto de Miguel foi apenas um dos muitos que o hospital vem fazendo desde que foi inaugurado. Ele também confirma o preparo da unidade tanto em relação à estrutura e equipamentos quanto aos profissionais.

“Temos atualmente uma taxa de 51% de partos cesariana. Nossa meta é baixar esse número e diminuir o índice de transferência de paciente neonatal. Esse caso do Miguel foi um grande exemplo para nós de que estamos preparados para cuidar com muito carinho e comprometimento das futuras mães que terão seus filhos em Balsas”, ressalta.

Responsabilidade em números 

O Hospital Regional de Balsas oferece serviços de média e alta complexidades, entre eles o de assistência materna de urgência e emergência obstétrica 24h. Ele é referência para, pelo menos, 14 municípios da região.

A unidade de saúde possui 4.000 m² e 50 leitos disponíveis, com dez leitos de UTI Adulto, seis de Unidade de Cuidado Intermediário Neonatal Convencional e quatro de Unidade de Cuidado Intermediário Neonatal Canguru.

Diariamente são 815 atendimentos, entre consultas e exames nas áreas de clínica médica, ginecologia, obstetrícia, cirurgia geral e pediatria, além de exames laboratoriais e diagnósticos em oftalmologia e cardiologia; e serviços de diagnóstico por imagem como ultrassonografia, mamografia, exames de radiologia, tomografia e endoscopia.

Sai a lista de aprovados do Sisu 2018; confira aqui o resultado

O resultado do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) foi divulgado nesta segunda-feira (29), no site http://sisu.mec.gov.br/. Estão disponíveis as listas de aprovados de cada curso das 130 instituições participantes.

Em minutos, o sistema já apresentava instabilidade, como é possível ver no aviso abaixo, que apareceu às 9h07. O MEC afirmou que a equipe de manutenção está resolvendo o problema.

A primeira chamada também pode ser consultada nas páginas das universidades que integram o programa e na central de atendimento do Ministério da Educação (MEC), pelo número 0800-616161.

Aqueles que forem selecionados devem verificar, junto à instituição em que foram aprovados, qual o local, o horário e os documentos necessários para a matrícula. O prazo para efetivá-la vai do dia 30 de janeiro ao 7 de fevereiro.

Listas de espera

Podem tentar participar da lista de espera aqueles que:

não forem selecionados em nenhuma das duas opções de curso na chamada regular;
ou os que tenham sido convocados para a segunda opção.
Caso o candidato queira tentar, deve entrar em seu boletim de notas entre os dias 29 de janeiro e 7 de fevereiro e clicar no botão correspondente à “confirmação de interesse em participar da lista de espera”. O sistema irá emitir uma notificação avisando que a solicitação deu certo.

Os resultados serão publicados pelas próprias instituições de ensino a partir do dia 9 de fevereiro – e não pelo site do Sisu. É importante, portanto, que cada candidato acompanhe as convocações feitas pela universidade em que busca estudar.

Calendário do Sisu 2018

Inscrições: de 23 de janeiro até as 23h59 de 26 de janeiro
1ª chamada: 29 de janeiro
Matrículas dos aprovados na 1ª chamada: de 30 de janeiro a 7 de fevereiro
Manifestação de interesse na lista de espera: de 2 de fevereiro até as 23h59 de 7 de fevereiro
Resultados das listas de espera: a partir de 9 de fevereiro

CONFIRA A RELAÇÃO DIVULGADA PELO MEC AQUI;

Prefeitura de Chapadinha vai gastar quase 2 milhões de reais com combustíveis

No primeiro mês do ano a prefeitura de Chapadinha assinou quatro contrato no valor total de (Um Milhão novecentos e oitenta e um  mil) para a aquisição de combustível  A PROPESRO VERAS & CIA LTDA ganhou contratos nos valores de:  594.300,00 (quinhentos e noventa e quatro mil
e trezentos reais) 693.350,00 (seiscentos e noventa e três mil trezentos e cinqüenta reais)  198.100,00(cento e noventa e oito mil e
cem reais)  495.250,00
(quatrocentos e noventa e cinco mil duzentos e cinqüenta reais)

O prefeito de Chapadinha Magno Bacelar,vai gastar muito com combustível!!!

José Jorge Figueiredo dos Anjos, Luiz Gonzaga Filho e Josemar Lopes são empossados no TJMA

A posse solene dos três novos desembargadores do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA) – José Jorge Figueiredo dos Anjos, Luiz Gonzaga Almeida Filho e Josemar Lopes dos Santos – ocorreu nesta sexta-feira (26), na Sala das Sessões Plenárias. Os magistrados foram agraciados com o Diploma e a Medalha Especial do Mérito Cândido Mendes pelo presidente da Corte, desembargador José Joaquim Figueiredo dos Anjos.

Os três já haviam sido oficialmente empossados nos cargos em 13 de dezembro, dia em que foram eleitos e obtiveram acesso ao Tribunal, elevando para 30 o número de membros da Corte, conforme a Lei Complementar nº 199/2017, publicada no dia 8 de novembro de 2017.

A programação de posse teve início com uma missa em ação de graças, celebrada na Catedral Metropolitana de São Luís – Igreja da Sé. Em seguida, autoridades, chefes de Poderes, profissionais das diversas carreiras jurídicas, servidores e familiares dos empossados acompanharam os novos desembargadores até a sede do Palácio da Justiça.

PLENO – Após a abertura da sessão solene pelo presidente do Tribunal de Justiça, desembargador José Joaquim Figueiredo dos Anjos, os novos desembargadores foram conduzidos ao Pleno por dois desembargadores da Corte: Jorge Rachid e Cleonice Freire acompanharam o desembargador Luiz Gonzaga Almeida Filho; os desembargadores Lourival Serejo e Bernardo Rodrigues acompanharam Josemar Lopes dos Santos; e José Jorge Figueiredo dos Anjos foi conduzido pelos colegas Marcelo Carvalho Silva e Kleber Carvalho.

Joaquim Figueiredo elogiou as trajetórias pessoais e condutas profissionais dos três novos membros da Corte e garantiu apoio na nova caminhada. “Diante das tentativas de diminuição da importância do Poder Judiciário, não podemos nunca fugir do nosso papel de defensores da sociedade e dos cidadãos. Para isso, temos ao nosso lado um formidável e imbatível exército de devotados magistrados, cerrando fileiras na defesa austera da Justiça, cumprindo, de forma louvável, as atribuições constitucionais a nós atribuídas”, disse em sua saudação aos novos membros do Judiciário maranhense.

EMOÇÃO – Profundamente emocionado, José Jorge Figueiredo dos Anjos, eleito ao cargo pelo critério de merecimento e também integrante da 6ª Câmara Cível, não se conteve e chorou ao relembrar sua trajetória profissional e origem familiar. “Muito me distinguiu este egrégio Tribunal com o sufrágio de meu nome, em lista de merecimento, por três vezes consecutivas, sob a liturgia do mandamento constitucional, para compor a mais alta Corte de Justiça do Estado do Maranhão – um acontecimento marcante que representa a concretização de um sonho que tem especial significado na minha carreira na magistratura”, concluiu.

O magistrado reafirmou o compromisso de ajudar na construção de uma sociedade justa, igualitária, solidária. “O exercício de uma verdadeira cidadania passa por um Judiciário transparente, altivo, capaz de olhar para dentro de si mesmo e realizar os seus ajustes de forma a contribuir para dias melhores aos cidadãos maranhenses”.

ORGULHO – Em seu discurso de posse, Luiz Gonzaga Almeida Filho falou da honra e orgulho em chegar à Corte de Justiça aos 66 anos. Agradeceu, com emoção, à família pelo apoio recebido e disse estar aberto para novos desafios e compromissos. “No 1º Grau, sempre prezei pela produção de resultados e não será diferente aqui no Tribunal, que é reconhecido nacionalmente pela exibição positiva do número de julgamentos de demandas, o que exige de mim compromisso ainda maior para continuar colaborando com essa reconhecida prática”, disse o novo membro da 6ª Câmara Cível.

O desembargador destacou o momento de crise moral pelo qual passa o país e falou sobre a importância do Poder Judiciário no controle implacável e rigor externo às práticas de corrupção. “A improbidade não merece lugar de destaque e aquele que usa da função pública para dilapidação do patrimônio público deve receber justa reprimenda do Estado”, frisou.

DEVOÇÃO – Josemar Lopes Santos, o terceiro a discursar, citou fatos da sua trajetória como magistrado e comprometeu-se a continuar atuando com verdade e justiça, buscando não frustrar a confiança dos jurisdicionados e não decepcionar aqueles que integram a magistratura maranhense. “Sou um cidadão comum. Não nasci juiz. Tornei-me juiz. Fiz do compromisso que prestei neste Tribunal o meu propósito de vida. Tenho vivido em devotamento à causa da Justiça, movido pela vontade de servir e ser útil”, declarou o novo membro da Corte, que integrará a 3ª Câmara Criminal do TJMA.

Compuseram a mesa, ao lado do presidente do TJMA, o secretário-chefe da Casa Civil, Marcelo Tavares, representando o governador do Estado, Flávio Dino; o procurador-geral de Justiça, Luiz Gonzaga Martins Coelho; o procurador-chefe da República no Maranhão, José Raimundo Leite Filho; o procurador-geral do Município de São Luís, Marcos Luís Braid, representando o prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior; o presidente do Tribunal de Contas do Estado, José Caldas Furtado; o presidente da Associação dos Magistrados do Maranhão, Ângelo Antonio Santos; e o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Maranhão, Thiago Diaz.

Acidente deixa dois mortos na BR 316 no Maranhão

Uma colisão frontal deixou na tarde de sábado (27) duas pessoas mortas na BR-316, próximo do município de Caxias, a 360 km de São Luís.
Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal, o acidente fatal que aconteceu no Km 546 da BR-316 foi provocado por falta de atenção do condutor de uma caminhonete e que acabou resultado na morte de duas pessoas.
De acordo com os policiais da PRF, o condutor da caminhonete de placas NIX-1604 do estado do Maranhão entrou na contramão com o intuito de desviar de uma carreta que saía de um posto de combustível quando colidiu frontalmente com uma pick up de placas IMW-1075, também do Maranhão, que seguia no sentido contrário.
A força do impacto provocou a morte do condutor da pick up que foi identificado como Mardônio Nascimento de Carvalho, 35 anos, e a morte da passageira da caminhonete reconhecida como Rita Queiroz Serra, 70.
Além dos dois mortos, também ficou ferido o condutor da caminhonete que não teve a sua identidade revelada. Ele foi socorrido e encaminhado para o Hospital Municipal de Caxias em estado grave.

Fonte: PRF

Lago Verde: Ex prefeito Almeida e seu grupo politico declaram apoio ao deputado estadual Hemetério Weba

O deputado estadual Hemetério Weba (PV) esteve durante o dia de hoje (27) no município de Lago Verde-Ma.
Acompanhado do pré-candidato a deputado federal, Júnior Lourenço, do ex prefeito Almeida e seu filho Alex Almeida e presidente municipal do partido na cidade, no encontro com o grupo político Local, Hemetério reforçou a parceira para com o povo do município e se mostrou a disposição da população. O ex prefeito almeida declarou apoio incondicional ao Deputado Hemetério Weba e ainda ressaltou:
” É importante o apoio de um Deputado como o Hemetério para o progresso da nossa cidade, pois sabemos da sua luta incansável pelo crescimento das nossas cidades e o bem estar do povo Maranhense”.

 

Prefeito de Bela Vista MA, Orias Mendes vai torrar mais de 2,8 Milhões com material de consumo

No primeiro mês do ano a prefeitura de Bela Vista assinou dois contratos, no valor total de R$ 2.811.247,17 para a aquisição de material de consumo. A Comercial Ferroplastma LTDA-EPP levou R$ 1.574.821,17(um milhão, quinhentos e setenta e quatro mil, oitocentos e vinte e um
reais e dezessete centavos)

a W.W.E. dos Santos Amorim Comércio e Serviços-ME, faturou R$ 1.236.426,00 (um milhão,
duzentos e trinta e seis mil, quatrocentos e vinte e seis reais) O fornecimento vai até 31 de dezembro de 2018.

O prefeito de Bela Vista Orias de Oliveira Mendes já foi denunciado pelo MPF por Fraude em licitação reveja AQUI

MPF denuncia prefeito de Bela Vista por fraude em licitação

O Ministério Público Federal (MPF) na 1ª Região ofereceu denúncia contra o prefeito de Bela Vista do Maranhão (MA), Orias de Oliveira Mendes, por fraude em licitação e desvio de recursos públicos. Relatório de Fiscalização da Controladoria Geral da União (CGU) comprovou que houve pagamento indevido por serviços não executados.

Mendes é acusado de desviar recursos públicos em benefício próprio mediante o direcionamento de licitação para a reforma de 16 escolas do Município com verbas repassadas pelo Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).

Em relação ao desvio de recursos públicos, foi verificado que a empresa recebeu pagamentos por serviços não executados. Em auditoria realizada em quatro das dezesseis escolas que deveriam ser beneficiadas com os serviços contratados, foi identificado pagamentos com verbas do Fundeb para serviços não realizados, pagos pela prefeitura à empresa que, posteriormente, repassou os valores para Mendes.

Mendes foi intimado a comparecer na sede da Polícia Federal, a fim de prestar esclarecimentos sobre os fatos denunciados, mas não compareceu e nem apresentou qualquer justificativa. O MPF pede a condenação do acusado por fraude no caráter competitivo do procedimento licitatório (Art. 90, da Lei 8.666/93), com pena de detenção que varia de seis meses a dois anos, e por crime de responsabilidade (Decreto-Lei 201/67), com pena de reclusão, de dois a doze anos. As penas podem ser aumentas caso seja configurado crime continuado.

Além disso, o MPF quer a decretação da perda de cargo e a inabilitação do denunciado, pelo prazo de cinco anos, para o exercício de cargo ou função pública, eletivo ou de nomeação, e o pagamento de R$ 27.963,27 a título de reparação do dano causado à União.

Assembleia – O deputado Sousa Neto (PROS) ocupou a Tribuna da Assembleia Legislativa, nesta terça-feira para cobrar providências do Poder Judiciário e do Ministério Público sobre as denúncias de abuso de poder político e econômico na gestão do prefeito Orias Mendes de Bela Vista do Maranhão.

“A Cidade de Bela Vista foi vítima do maior estelionato eleitoral já visto na sua história, com a reeleição do Senhor Orias, prefeito da cidade, do Partido Comunista (PCdoB), e que já ficou comprovado por meio das denúncias que o Ministério Público Federal (MPF) têm apresentado contra o gestor, referente a desvios nos recursos do FUNDEB, licitações suspeitas, fraudes nos contratos de reforma de escolas e da compra de merenda escolar. Como representante do Vale do Pindaré nesta Casa, não posso deixar de me manifestar. Bela Vista é um município de povo trabalhador, ordeiro e acolhedor, mas que está sofrendo nas mãos dessa administração desastrosa”, denunciou o parlamentar.

Sousa fez um apelo à Justiça e ao MPF que possam intervir em favor do município. “Esse prefeito comunista quer, de todas as formas, tirar o que foi gasto na campanha. A cidade de Bela Vista hoje está um caos total, principalmente na área da educação. As escolas praticamente estão sem aulas, não há merenda escolar e obras que não foram feitas, estão sendo cobradas. Quero aqui pedir providências para o Ministério Público Federal, Ministério Público Estadual, a esta Casa, para que possa haver uma intervenção naquele município”.

Vale lembrar que recentemente, o prefeito Orias de Oliveira Mendes, que é do partido do governador Flávio Dino, ou seja, do PCdoB, também foi cassado recentemente

Suspeitos de explodir banco são presos no Maranhão

Por G1 MA

Três suspeitos de explodir a agência bancária do Banco do Brasil de Dom Pedro, a 324 km de São Luís, foram presos no Maranhão. Os assaltantes foram capturados após trocarem tiros com a polícia e um dos veículos que foi usado durante o assalto foi apreendido.
De acordo com a polícia, os outros suspeitos ainda estão sendo procurados. Cerca de dez criminosos fortemente armados com fuzis e em duas caminhonetes aterrorizaram o município durante a madrugada dessa sexta-feira (26) ao explodir a agência bancária. No momento em que chegaram ao município, os assaltantes também trocaram tiros com os policiais e fuzilaram a delegacia e o quartel da Polícia Militar.
Em seguida, os bandidos invadiram a agência bancária e explodiram o cofre que ficou completamente destruído. Além disso, a força da explosão danificou grande parte do prédio onde estava localizada a agência bancária. Para fugir da cidade, eles atearam fogo e atravessaram um caminhão para bloquear a BR-135, e espalharam vários pedaços de ferro com o intuito de dificultar as buscas dos policiais.
Outros casos
Este é o terceiro assalto a agências bacárias no interior do Maranhão. No dia quatro de janeiro cerca de 10 bandidos fortemente armados explodiram a agência do Banco do Brasil do município de Zé Doca. Na ocasião os bandidos chegaram na cidade e foram direto para o quartel da Polícia Militar, onde acuaram os policiais. Houve troca de tiros entre os assaltantes e os policiais, e os criminosos acabaram deixando os policiais encurralados enquanto praticavam o assalto.
Já no último dia 18 de janeiro quatro criminosos explodiram a agência bancária do Bradesco na cidade de Senador Alexandre Costa. No local, os quatro elementos armados com revólveres calibre 12 efetuaram vários disparos, atacaram o destacamento da Polícia Militar em Senador Alexandre Costa e explodiram a agência bancária.

Secretaria de Saúde e prefeitura municipal de Carutapera realizam mutirão da saúde em bairro do município.

A prefeitura de Carutapera em parceria com a secretaria de saúde do município,estiveram durante o dia de hoje (26) em  um mutirão na creche escolar Padre Mário Racca, atendendo os bairros Santa Luzia subestação e adjacências, profissionais como; médicos, enfermeiros, terapeutas ocupacionais estiveram presente garantindo atendimento a toda população, a iniciativa da prefeitura busca abranger sede e zona rural do município, quem esteve presente na ação foi o vereador e presidente da Câmara Renato filho,“É uma belíssima iniciativa do executivo,parabenizo a secretaria de saúde pela ação,estamos alinhados em um único propósito, garantir que os direitos básicos da população sejam respeitados,o prefeito André Dourado está de parabéns por mais essa iniciativa que visa mais qualidade de vida a nossa população,” rechaçou o presidente da Câmara Renato Filho.