Roberto Rocha diz que postura de Flávio Dino sobre emendas é “indigna”

Depois do senador Edison Lobão (PMDB)  , o senador Roberto Rocha (PSB) também se posicionou sobre as críticas do governador Flávio Dino (PCdoB) à destinação de emendas de bancada dos representantes do Maranhão no Senado.
Por meio das redes, o comunista resolveu reclamar senadores estão se recusando a assinar emendas parlamentares de bancada para destinar R$ 160 milhões a municípios do Maranhão.
Em comunicado oficial, Rocha diz que a postura do governador do Maranhão é “indigna”.
“É grotesco que o chefe do executivo vocifere publicamente como se o recurso estivesse sendo retirado dos cofres estaduais. O que está em discussão é o orçamento da União, e não do Estado. Por acaso, em algum momento o governador convidou deputados federais e senadores para discutir o orçamento estadual?”, declarou.
Leia abaixo.
Nota do senador Roberto Rocha
É indigna a posição do governador de tentar indispor a bancada de senadores com os prefeitos do Maranhão.
Afronta o bom senso e degrada as regras básicas da convivência política sugerir que os representantes do Estado na Câmara Alta estejam contra a saúde da população.
As emendas parlamentares, como bem diz o nome, são prerrogativas dos deputados e senadores do Maranhão. Cabe a eles, e somente a eles, decidir o destino das emendas. É grotesco que o chefe do executivo vocifere publicamente como se o recurso estivesse sendo retirado dos cofres estaduais. O que está em discussão é o orçamento da União, e não do Estado. Por acaso, em algum momento o governador convidou deputados federais e senadores para discutir o orçamento estadual?
Hoje mesmo, cumpri extensa agenda iniciada pela manhã em São Paulo, com o governador Geraldo Alckmin, e acertamos sua participação no dia 11/11, em Imperatriz, no nosso Seminário de Revitalização dos Rios Maranhenses e suas Nascentes. Na oportunidade, debateremos a crise hídrica do Rio Tocantins.
Em seguida, com o ministro Bruno Araújo, das Cidades, estive em Buriticupu entregando casas e Imperatriz, onde promovi o encontro do ministro com diversos prefeitos da região, em busca de soluções para os graves problemas que enfrentam os gestores municipais.
Voltei à noite para Brasília exatamente para equacionar, na sexta-feira, a questão das emendas, com diálogo e responsabilidade. Infelizmente fui surpreendido, na volta, pelo destempero incivilizado e orquestrado entre o Governo e a mídia de aluguel, com o propósito de desqualificar quem, com muito esforço, dedica-se à honrosa missão de representar o Estado.
Faço política aproximando pessoas, estreitando a distância entre os problemas e suas soluções. Com gestos e ações efetivas, e não com fanfarras retóricas para intrigar a população com seus representantes.
Roberto Rocha

Em São Luís “é foguete que não acaba mais ” o principal motivo seria um “Aniversário do Bond dos 40”

Ronda da noite..

Em São Luís o foguete tá “troando”  nos bairros da capital é uma foguetaria que não acaba mais, não se fala em outras coisas nos grupos de whatsapp locais, e o “Zum zum que rola” é que o ” Bond dos 40″ conhecida facção da capital está ”aniversariando,”as pessoas estão assustadas.
É foguete que não acaba mais...

Senador Edson Lobão “Esculhamba” Flávio Dino e o chama de ‘Irresponsável e mentiroso”

O senador Edson Lobão usou as redes sociais para rebater as criticas feitas pelo governador Flavio Dino aos senadores do Maranhão, Flavio acusa os senadores de “manobrarem” emendas da saúde no intuito de lê prejudica veja um trecho da declaração do comunista: 
“Um absurdo que uma parte da bancada federal negue uma emenda parlamentar e prejudique a saúde dos municípios, supostamente para me atingir.

Declarei publicamente que os recursos oriundos de emenda da bancada federal para a saúde serão 100% repassados aos municípios.
E o mais importante: é inadmissível que alguns senadores e deputados prejudiquem a população para supostamente me atingir.” declarou Dino.
Agora veja a resposta de Edson Lobão que “esculhambou” Flavio Dino e o chamou de “irresponsável e mentiroso”:
”O Governador Flávio Dino mente ao dizer que os senadores do Maranhão têm a intenção de prejudicar os municípios do estado negando-lhes recursos para a saúde pública.
Os parlamentares não arrecadam recursos, nem são gestores de tais meios financeiros. Os deputados e senadores pedem, solicitam, subscrevem as chamadas emendas parlamentares demonstrando total interesse no sentido de ajudar os municípios.
A responsabilidade real de resolver os problemas de saúde pública, de saneamento, de rodovias é, isto sim, do governo do estado e supletivamente do governo federal e dos próprios municípios, infelizmente estes enfrentando graves dificuldades neste momento.

Já em anos anteriores não recusei solidariedade ao governo Flávio Dino, assinando emendas que lhe favoreciam.

Acho que o governador empregaria melhor o seu tempo cuidando dos interesses legítimos do povo em vez de dedicar-se com tanto ardor à promoção de selvagens lutas políticas.
O que se trata nesta fase é de recursos federais. Pois que sejam destinados pelo governo federal à saúde e a outras políticas públicas através dos seus ministérios.
O resto é falatório irresponsável.” Disparou Lobão.

Atendendo solicitação do deputado Hemetério weba e da prefeita Iracy weba, novo gerente do banco do Brasil de Zé Doca, visita Nova Olinda e garante instalação de caixas eletrônicos o mais breve possível.

O novo gerente do Banco do Brasil de  Zé Doca esteve no município de  Nova Olinda na manha de hoje (19) atendendo uma solicitação do deputado estadual Hemetério Weba e da prefeita municipal Iracy Weba, a prefeita e o deputado cientes da grande necessidade que a população Novaolindense tem em se deslocar a cidade de  Zé Doca para o uso dos serviços do Banco do Brasil, solicitaram ao novo gerente que caixas eletrônicos da agência fossem instalados no município,o gerente prontamente se comprometeu em atender a solicitação, e esteve no município visitando o local onde será instalado os caixas, esses que serão de grande utilidade para a população, o mesmo garantiu que serão instalados o mais breve possível.
com os caixas eletrônicos instalados e funcionando no município, a economia local só tende em se fortalecer mais, pois a lógica é que o dinheiro ” recebido ” no município, seja gasto no município,sabendo que o pagamento do funcionalismo público municipal vem sido mantidos em dias, mais um motivo para os comerciantes funcionários e a população em geral comemorar a certeza do crescimento econômico do município, fazendo de Nova Olinda um dos municípios mais desenvolvidos da região do Alto Turí Maranhense.

População “faz festa” saqueando carga após carreta tombar na BR-316, em Pio XII

Policiais rodoviários federais atenderam um acidente tipo saída de pista ocorrido no km 305 da BR 316 no fim da madrugada desta quinta-feira (19). Por volta das 4h30, quando trafegava no área rural do município de Pio XII, na BR 316, o caminhão de placas PMH 5706, do município de Maracanaú-CE, saiu de pista, colidiu com algumas pequenas árvores e ficou atolado na margem direita da via. A batida nas árvores rasgou uma das laterais do baú e lançou fora parte da carga transportada, sendo fardos de “farinha de milho”, que foi parcialmente saqueada por populares. O condutor, de 54 anos de idade, natural do estado da Bahia, foi levado ao hospital municipal de Santa Inês, mas não corre risco de morrer.

A causa do acidente está sendo levantada pela equipe. A princípio o condutor teria dormido na direção.

Prefeito de Olho D’Água das Cunhãs é condenado pela Justiça Federal a perda DEFINITIVA do mandato!

Rodrigo  Araujo de oliveira

O prefeito de  Olho d’Água das Cunhãs Rodrigo  Araujo de oliveira afastado recentemente por fraudes em licitações, sofreu mais uma humilhante derrota,dessa vez no TRF1 (Tribunal Regional  Federal da primeira Região.) Acompanhe um trecho da sentença:

 “Trata-se de Ação Civil Publica por ato de improbidade administrativa ajuizada pelo Ministério Publico Federal-MPF em face de Jose Alberto Azevedo e Rodrigo Araujo de Oliveira em razão de, respectivamente, na condição de ex prefeito e prefeito de Olho d’Água das Cunhãs/MA, terem supostamente praticado ato de improbidade administrativa, consiste na ausência de prestações de contas de verbas federais repassadas ao município.”

Rodrigo e Alberto não prestaram contas de verbas federais que foram destinadas ao município, no exercício financeiro de 2011, verbas que foram destinadas para aplicação no programa nacional de apoio ao transporte escolar (PNATE).
E com esse entendimento o Tribunal da primeira região condenou o prefeito afastado, a perda da função ou cargo publico, e a suspensão dos direitos políticos pelo prazo de três anos .
 A sentença foi recebida com festa pela população, devido aos suscetivos desmandos da gestão de Rodrigo no município, sabendo que o mesmo está afastado por uma decisão de primeira instancia que constatou varias fraudes em processos licitatórios, sabendo da “bandalheira” que estava a gestão de Rodrigo Araujo a justiça está em “cima.”
 E o esperado é que mais condenações possam pesar sobre o prefeito afastado.

Câmara Federal vira cabaré: deputado diz que queria pegar mãe e filha de ministro com perna aberta

Blog Luis Cardoso
Ao participar de uma reunião das comissões de Cultura e de Segurança Pública, na Câmara Federal sobre exposições em São Paulo e Porto Alegre, que estão gerando polêmicas, o ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, ouviu o que nunca imaginou de um deputado. O parlamentar disse que a mãe do ministro deveria ficar de perna aberta, a filha também, exposta para saber se ele iria gostaria.
O bate boca de ontem mostrou que a Câmara Federal virou um puteiro de quinta categoria, onde ninguém respeita ninguém, e nem os familiares de autoridades, como ministros, por exemplo. E se distribuírem giletes, cortes e marcas de genitálias ficaram nas caras dos deputados.
Quando foi criticar as cenas de nudez mostradas nas exposições, o deputado Carimbão foi grosseiro com o ministro.
“Queria que fosse com a mãe do ministro, mijando na cabeça dela. Queria que fosse com a mãe do ministro… Maria é minha mãe, é minha mãe. Queria pegar a mãe do ministro e botar de perna aberta para ver se ele gostava. Pegar sua filha…. gritou Carimbão, como se estive no pior cabaré do Brasil. Aliás, o blog pede até desculpas aos cabarés por eles não merecerem parecer com a Câmara dos Deputados.
As expressões chulas foram retiradas das nota taquigráficas da Casa, mas jamais sairão na cabeça do ministro ou dos parlamentares de bem que ali estavam. Será que ele existem lá dentro? E a sessão da Casa da Mãe Joana foi encerrada.

Ex-prefeita de Bom Jardim é condenada a 1 ano de prisão por compra de votos

Com base em uma Ação Penal Eleitoral proposta pelo promotor de justiça da 78ª Zona Eleitoral, Fábio Santos de Oliveira, a Justiça condenou a ex-prefeita Malrinete dos Santos Matos (conhecida como Malrinete Gralhada), Rejane Kelman Cutrim Sousa, Raíssa Gabriele Cutrim Sousa e Alcione da Silva Martins pelos crimes de “boca de urna” e corrupção eleitoral.
Rejane Sousa (irmã de Malrinete Gralhada), Raíssa Sousa (sobrinha da ex-prefeita) e Alcione Martins (genro de Rejane Sousa) foram flagrados na madrugada anterior às eleições de 2016 – nas quais Malrinete Gralhada concorria à reeleição – em um carro parado no bairro Santa Clara, cercado por cerca de 20 pessoas. Dentro do veículo a polícia encontrou R$ 900 escondidos no banco do motorista, outros R$ 200 com Rejane Sousa, além de santinhos de Malrinete Gralhada e do candidato a vereador Marconi Mendes. Havia, ainda, papéis com promessas eleitorais de fornecimento de bens e serviços.
Para o promotor Fábio de Oliveira, os crimes foram praticados “com o nítido objetivo de descumprir as determinações legais e corromper os eleitores desta Municipalidade, oferecendo-lhes dinheiro ou prometendo-lhes o cumprimento de diversas vantagens ou benefícios, devidamente descritos na xerocópia do caderno de anotações”.
Todos os envolvidos foram condenados à pena de um ano de reclusão e seis meses de detenção, substituída por penas restritivas de direito. Dessa forma, Rejane Kelman Cutrim Sousa, Raíssa Gabriele Cutrim Sousa e Alcione da Silva Martins deverão pagar o equivalente a cinco salários mínimos a projeto ou instituição determinado pela Justiça. Além disso, estão proibidos, por um ano e seis meses, de frequentar bares, festas ou qualquer outro lugar público em que seja servida bebida alcoólica.
Eles foram condenados, ainda, ao pagamento de cinco dias-multa (cada dia-multa equivale a 1/30 do salário mínimo vigente), além de multa de 5 mil Ufir (Unidade Fiscal de Referência). O mesmo pagamento deverá ser feito por Malrinete Gralhada. Sua pena restritiva de direitos, no entanto, é diferente da aplicada aos demais.
A ex-prefeita de Bom Jardim deverá pagar o equivalente a 50 salários mínimos a projeto ou instituição determinada pelo Poder Judiciário, além de prestar serviços à comunidade, em entidade a ser indicada, pelo prazo de um ano e seis meses.
Na sentença, o juiz Raphael Leite Guedes ressalta que as “anotações encontradas dentro do veículo tinham compromissos que somente ela, como então prefeita municipal, poderia cumprir, tal como pagar salários atrasados, o que demonstra que a referida acusada era a autora intelectual do crime de corrupção eleitoral e 

Que vergonha Governador ! Justiça obriga Flávio Dino investir na segurança pública de Carutapera.

Em atendimento à Ação Civil Pública (ACP) ajuizada pelo Ministério Público, o Poder Judiciário determinou, em 2 de outubro, que o Estado do Maranhão disponibilize veículos e policiais militares e civis para atender as cidades de Carutapera e Luís Domingues, além de reformar e aparelhar as delegacias dos dois municípios.

Assina a ação o titular da Comarca de Carutapera, Luciano Canavarro. O juiz Alexandre Mesquita proferiu a decisão.
A decisão determina a designação, em Carutapera, de oito novos policiais militares, um delegado de polícia titular, quatro agentes da Polícia Civil e dois escrivães. No mesmo sentido, devem ser designados seis policiais militares, um delegado titular, um agente e um escrivão para trabalhar em Luis Domingues.
Também deve ser implantado serviço de 190 para os municípios e de comunicação para a Polícia Civil e Militar, por meio de rádio ou aparelho similar. A Justiça determinou, ainda, que sejam disponibilizadas duas viaturas e uma motocicleta para a Polícia Militar de cada uma das cidades, incluindo o fornecimento de combustível para os veículos.
Foi determinado que sejam mantidos o regular funcionamento de plantões da Polícia Civil nos dois municípios, 24 horas por dia, incluindo sábados, domingos e feriados.
Em relação à existência de carceragem nas delegacias, devem ser realizadas reformas estruturais a fim de deixar os imóveis com condições de funcionamento.
Todas as obrigações devem ser cumpridas no prazo máximo de 120 dias. Foi fixada multa diária de R$ 5 mil, em caso de descumprimento, com o limite máximo de R$ 500 mil.
Na avaliação do promotor de justiça Luciano Canavarro, a deficiência na estrutura disponibilizada pela Secretaria de Estado de Segurança Pública para as duas cidades contribui para a impunidade, pois a grande maioria dos crimes não são elucidados e em alguns povoados os crimes sequer chegam ao conhecimento das autoridades policiais ou do Ministério Público.
“Impotente, a Polícia Civil tem sobrevivido mediante ajudas informais dos Poderes Públicos Municipais, dos empresários e demais cidadãos de bem assombrados com a quase completa ausência do Estado e presença, cada vez maior, do crime organizado”, afirmou, na ação, o membro do MPMA.

Polícia Civil de Santa Luzia do Paruá prende casal em flagrante pelos crimes de associação criminosa,roubo com emprego de armas e corrupção de menores

Relato da Polícia:
Na ocasião, o bando se articulou previamente, tendo a mulher ligado para um restaurante solicitando uma pizza, fazendo com que a vítima se deslocasse até o endereço onde se encontravam os roubadores.

No momento da entrega, o adulto e os dois adolescentes, exercendo grave ameaça com emprego de facas, subtraíram um veículo Corsa Classic, um aparelho celular e cento e quarenta reais em dinheiro do entregador.

Acionados, policiais civis iniciaram as diligências que vieram a culminar na prisão de todo o bando e na recuperação de todos os bens subtraídos da indigitada vítima.