Crisógono Vieira,ex- prefeito de Riachão, fechou 1º ano de sua gestão com desfalque de R$ 2,3 milhões

Ex-prefeito de Riachão, Crisógono Vieira.

O ex-prefeito de Riachão, Crisógono Vieira, investigado pela polícia por envolvimento   no esquema de agiotagem e desvio de recursos públicos no Maranhão, fechou o  ano de 2013 de  sua gestão com um rombo de R$ 2,3 milhões;segundo Relatório de Informação do Tribunal de Contas do Estado (TCE).

De acordo com o documento obtido pelo Blog Werbeth Saraiva,o ex-prefeito apresentou sua prestação de contas com um balanço financeiro divergente.

“O valor apresentado em Caixa e Bancos não confere com o informado no Termo de Conferência de Caixa do início e do final do Exercício, no Termo de Verificação de Saldo de Caixa e no Termo de Verificação de Saldos Bancários: Bancos: R$ 2.612.376,05(início exercício) e R$ 1.611.940,63 (final do exercício)”, diz trecho do documento.

O balanço mostra que a gestão de Crisógono também teve insuficiência de arrecadação apurado em 2013 no valor de R$ -18.214.586,17, que corresponde à diferença entre a receita orçamentária prevista e a receita realizada. Por conta disso, o déficit orçamentário apurado no período foi de R$ -759.227,71, que corresponde à diferença entre a receita arrecadada e a despesa realizada.

AGIOTAGEM

O ex-prefeito de Riachão, Crisógeno,é também suspeito de desviar dinheiro público para pagar empréstimos de campanha eleitoral, segundo investigações da Polícia Civil e do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco),do Ministério Público do Maranhão.

Veja aqui o documento divulgado pelo TCE;

 

Polícia Civil apresenta quadrilha que atuava em roubo de cargas na capital maranhense

Presos durante a Operação Carga Segura, da Polícia Civil. Foto: Polícia Civil

A Polícia Civil apresentou durante coletiva à imprensa, nesta quarta-feira (26), envolvidos em quadrilha que praticava  roubos de cargas na capital maranhense. Os  oito foram presos  mediante  mandados de prisão. Segundo a polícia,os presos na operação ” Carga Segura” são suspeitos  de integrarem  uma  facção criminosa de São Luís.

As prisões ocorreram na região da BR 135, nos bairros Vila Maracujá e adjacências. Segundo informações, as investigações iniciaram no dia 09 de abril de 2019, após roubo de uma carga de eletrodomésticos da empresa Novo Mundo, fato ocorrido na Vila Industrial, bairro Ribeira. A carga estava avaliada  em  R$ 100.000,00.

Na operação, foram presos : os irmãos Kelyson Ferreira Moreira Santos e Kelenilson Ferreira Veloso; Wermewson Silva Feitosa e  Mairton Silva Feitosa; Matheus Lisboa Pinto e Bruno de Sousa Costa.

Ainda durante a operação, foi aprendida uma arma de fogo, além de 53 papelotes de cocaína, uma porção de maconha, 400,00 reais em espécie e o carro modelo Classic,de  cor preta. Todos foram encaminhados ao Complexo Penitenciário de Pedrinhas onde ficarão à disposição da justiça.

Dono de Instituito de Educação é preso sob suspeita de vender diplomas falsos no Maranhão

Instituto  de Educação Superio(IES) e Centro Educacional  Padre Pio ,onde ocorreu a operação da Polícia Civil. Foto: Polícia Civil.

A Polícia Civil do Maranhão, apreendeu nesta quarta-feira (26)  durante mandado de busca e apreensão computadores, celulares e arquivos do Instituto de Educação Superior (IES) e Centro Educacional Padre Pio (CEPAP).  O Instituto de Ensino Superior é  investigado pelos crimes  falsificação de documentos, estelionato e associação criminosa na oferta de cursos de nível médio e superior junto ao Conselho de Educação do Maranhão e ao Ministério da Educação.

Durante a operação,foram encontrados  diplomas assinados em branco, históricos escolares assinados em branco, além de uma arma de fogo com numeração raspada.

Diplomas em branco ,mas já assinados ,foram apreendidos durante Operação. Foto: Polícia Civil

Segundo delegado Renilto Ferreira,titular da Delegacia Regional de Barra do Corda, o empresário e professor Lázaro Mota de Sousa é o proprietário dos IES e CEPAP, que possuem sede em Barra do Corda e possuem extensões nas cidades de Jenipapo dos Vieiras e Poção de Pedras.

 Ainda de acordo com Renilto Ferreira, Lázaro Mota   foi autuado em flagrante delito   pelo crime de posse ilegal de arma de fogo restrita, além de falsificação de documentos públicos. Após os procedimentos legais, ele foi encaminhado para a Unidade Prisional de Barra do Corda

Prefeito de Pirapemas contrata empresa suspeita de irregularidades em Prefeituras da Baixada por mais de R$ 1,5 milhão

Prefeito de Pirapemas dr Iomar

O município de Pirapemas administrado pelo prefeito Iomar Salvador Melo Martins, Dr. Iomar, fechou contratos milionários com uma empresa do município de São Luís.

A empresa M de J Sousa Comercio e Serviços  EIRELI abocanhou contratos que somados ultrapassam os R$ 1,5 milhão.

O objeto do contrato é a aquisição de gêneros alimentícios para a Secretaria de Educação e Assistência Social  Municipal.

A empresa  de propriedade de Mailson de Jesus Sousa, opera em parceira com  várias Prefeituras da baixada maranhense.  A empresa  M de Jesus  fica localizada  no bairro São Cristóvão.

 MAIS…

O Blog ,recebeu com exclusividade, informações sobre  a referida empresa,onde ela  é suspeita de fornecer notas “frias” para gestores de diversas Prefeituras do Maranhão.  O blog acompanhará  a denúncia de perto…

Militar da comitiva de Bolsonaro é preso na Espanha transportando 39 kg de cocaína

Um militar da Aeronáutica Brasileira foi detido na terça-feira (25) no aeroporto de Sevilha, na Espanha, por transportar 39 kg de cocaína.

A prisão do segundo-sargento- que integra a comitiva de Bolsonaro-, ocorreu quando o avião da Força Aérea Brasileira (FAB) pousou  no aeroporto da capital da região da Andaluzia, de acordo com o jornal espanhol “El País”.

O militar preso estava escalado na viagem de Jair  Bolsonaro ao Japão para a cúpula do G20. Segundo o jornal El País, militar foi detido quando os tripulantes  e suas bagagens passaram pelo controle alfandegário no aeroporto espanhol.

 A escala  de Bolsonaro  estava prevista para Sevilha,porém após a divulgação da notícia, a escala foi modificada para Lisboa, em Portugal.

Já o  presidente  em exercício, Hamilton Mourão, disse que o militar não fazia parte da comitiva do presidente.

Fontes policiais disseram ao jornal espanhol “El País” que a droga não estava sequer camuflada entre roupas,em sua mala, havia apenas drogas.

Famem oferece curso social para órgãos públicos

Banco de dados contém informações trabalhistas, estatutárias, previdenciária, fiscal, fundiária e tributárias dos órgãos públicos e empregados

A Escola de Gestão Municipal da Famem (Federação dos Municípios do Estado do Maranhão) vai iniciar sua programação do segundo semestre, oferecendo o curso eSocial para Órgãos Públicos, ministrado por Cícero Viana de Sousa.

O curso será realizado no próxima dia 2, na sede da entidade, em São Luís, e tem carga horária de quatro horas. As inscrições são gratuitas e já estão abertas.

O eSocial é um banco de dados único contendo informações trabalhistas, estatutárias, previdenciária, fiscal, fundiária e tributárias dos órgãos públicos e empregados. Qualquer pagamento feito a pessoa física tem obrigatoriamente de ser informado ao eSocial.

A administração pública, direta e indireta, envolvendo órgãos e instituições públicas, está incluída dentre os empregadores obrigados a informar pelo eSocial, tendo suas responsabilidades definidas pela Constituição, leis e regulamentos.

Assim, todos os empregadores estão obrigados, incluindo o Poder Público federal, estadual e municipal. Para o poder público, a implantação do eSocial foi iniciada em 14 de janeiro deste ano, conforme resolução nº 01 do Comitê Diretivo.

Adolescentes torturam e matam garota, divulgam vídeo e são apreendidas em Recife

Adolescentes filmaram tortura a menor em Recife- Foto: Reprodução/WhatsApp

Duas adolescentes foram apreendidas pela Polícia Civil de Recife, na última terça-feira (25), por terem torturado e matado uma garota de 14 anos, na Praia de Maria Farinha. Segundo a polícia local, as jovens, ambas de 15 anos, registraram as agressões com o celular e publicaram as imagens nas redes sociais. O crime foi motivado por ciúmes.

Ainda segundo a polícia, o crime foi motivado por ciúmes.,onde a vítima era ex-namorada de uma das garotas, a que filmou toda a agressão. A vítima  foi agredida com socos e pontapés, golpes de faca, e tentam afogá-la no mar.

Nos que circulam pela internet, é possível ver a vítima sendo espancada. A garota está vestida com roupas da Rede Municipal de Ensino do Recife,que fica ensanguentada, por causa das agressões sofridas.

As adolescentes foram levadas à Delegacia , onde foram ouvidas pelo delegado Álvaro Muniz. As duas foram autuadas em flagrante por ato infracional equiparado a homicídio.

Justiça do DF autoriza senador em prisão domiciliar a passar férias no Caribe

O senador Acir Gurgacz (PDT-RO), que cumpre pena em regime aberto e dá expediente no Congresso, recebeu autorização da Justiça do Distrito Federal para passar férias em um resort  no Caribe. A viagem está prevista para ocorrer de 17 de julho a 3 de agosto.

A medida, que também recebeu parecer favorável do Ministério Público do DF, tem o poder de suspender temporariamente a execução da pena aplicada ao político durante o período em que ele estiver fora do país.

Em outubro do ano passado, Acir Gurgacz foi condenado a 4 anos e 6 meses de prisão por crimes contra o sistema financeiro. De acordo com a denúncia, o senador teria obtido, mediante fraude, um financiamento junto ao Banco da Amazônia e se apropriado de R$ 525 mil. A reportagem tenta contato com a defesa do político.

Senador Acir Gurgatcz Foto: Waldimir Barreto/ Agência Senado

O senador Acir Gurgacz deixou o semiaberto e passou a cumprir o restante da pena em aberto  em maio deste ano. O parlamentar estava preso no Complexo Penitenciário da Papuda desde outubro do ano passado e tinha autorização para dar expediente no Senado durante o dia, desde que retornasse à cadeia à noite.

No entendimento da juíza Leila Cury, da Vara de Execuções Penais (VEP), Gurgacz cumpriu tempo suficiente para ser contemplado com a progressão de regime — um sexto da pena à qual foi condenado, de 4 anos e 6 meses de prisão.

Além disso, a magistrada afirmou ainda que “inexistem faltas graves pendentes de apuração” relacionadas ao senador.

Pelos cálculos da VEP, Gurgacz ficou 9 meses e 9 dias na prisão. Ainda faltam 3 anos, 8 meses e 21 dias, que poderão ser cumpridos em casa.

A fim de encurtar a pena, o político fez cursos à distância. Entre eles o de formação para vendedor, de atendimento ao público e técnicas básicas em arquivo e informação.

Conforme a denúncia da Procuradoria-Geral da República (PGR), no período de 2003 a 2004, o senador teria obtido, mediante fraude, financiamento junto ao Banco da Amazônia com a finalidade de renovar a frota de ônibus da Eucatur, empresa de transporte gerida por ele.

De R$ 1,5 milhão liberados, Acir Gurgacz foi acusado de se apropriar de R$ 525 mil. Com o restante, comprou ônibus velhos, diferentemente do objeto do empréstimo que era a compra de ônibus novos, prestando contas com notas fiscais falsas.

Enquanto estiver de férias, Gurgacz pretende se hospedar por 18 dias no Renaissance Aruba Resort & Casino. Uma diária no hotel, no mar do Caribe, custa em média R$ 4 mil, segundo a página do estabelecimento na internet.

De acordo com as regras da Vara de Execuções Penais (VEP), o senador não pode consumir bebidas alcoólicas e está proibido de frequentar “locais de prostituição, jogos, bares e similares”. O estabelecimento, no entanto, comercializa drinks e abriga um cassino.

G1/DF

Criminosos explodem agência bancária no bairro João Paulo

Agência do Banco do Brasil do bairro João Paulo.

Criminosos explodiram durante a  madrugada a agência do Banco do Brasil localizada na Avenida João Pessoa, bairro João Paulo, em São Luís.

Segundo informações policiais, o arrombamento seguido de explosão, ocorreu às 3 da madrugada desta quarta-feira (26). A agência teve  sua estrutura parcialmente prejudicada. Vários  caixas eletrônicos foram danificados.

No local, a polícia apreendeu uma caixa contendo várias  bananas de dinamite intactas.Os criminosos,ainda não identificados,fugiram após o ato delituoso. A polícia não informou se o bando conseguiu levar alguma quantia.