Intercept diz que Moro orientou substituição de procuradora na Lava Jato

O  site Intercept, divulgou na noite de quinta-feira (20) novos trechos de mensagens atribuídas a procuradores da Lava Jato em Curitiba.

Segundo o site, após receber de Moro a sugestão sobre a procuradora Laura  Tessler, Deltan Dallagnol teria encaminhado o diálogo dele com o então juiz ao colega Carlos Fernando Santos Lima e dito, citando outros dois procuradores:

Ainda segundo os supostos diálogos, Deltan pede a Carlos Fernando que apague o diálogo, e o procurador segue a recomendação. Intercept ressalta o fato de que a procuradora Laura  não esteve presente no primeiro depoimento do ex-presidente Lula ao então juiz Sérgio Moro no processo do triplex do Guarujá. Segundo Intercept, esse novo trecho mostraria que o então juiz Moro comandou a força-tarefa da Lava-Jato em violação das regras éticas e que ele teria se comportado como promotor chefe. E revelaria uma contradição com que Moro disse no Senado.

NOTAS

Em nota, o Ministério da Justiça afirmou eque a mensagem atribuída a Moro “pode ter sido editada ou adulterada” pelo grupo criminoso que hackeou o seu celular.

Já a força-tarefa da Lava Jato em Curitiba informou que não vai se manifestar.

Deixe uma resposta