Denúncia do MP contra Leonardo Sá avança no TRF-1

O deputado estadual eleito, Leonardo Sarmento Pires Sá (Leonardo Sá – PRTB), responde a processos numa Ação Civil Pública de improbidade administrativa e fraude em benefícios do INSS.

O processo em que ele é acusado de cometer crimes, pelo Ministério Público Federal teve mais um andamento ontem (26), para que a sua defesa se manifeste sobre documentos juntados.

Na cola do deputado eleito já estão o Ministério Público Federal, a Corregedoria – Geral do INSS, para investigação de condutas ilícitas praticadas em perícias médicas, quando esteve à frente do Instituto de Previdência.

Os processos contra Leonardo Sá são tão relevantes que o também Ministério Público Eleitoral – MPE, impugnou e pediu o indeferimento de seu registro de candidatura por não cumprir a entrega de certidões criminais exigidas e não corrigir o vício do registro dentro do prazo, na eleição deste ano, contudo, a corte do Tribunal Regional Eleitoral – TRE, manteve a sua candidatura.

6ª Vara Cível – Sjma

Juiz Titular : DR. NELSON LOUREIRO DOS SANTOS

Atos do Exmo. : DR. NELSON LOUREIRO DOS SANTOS

EXPEDIENTE DO DIA 21 DE NOVEMBRO DE 2018

AUTOS COM ATO ORDINATÓRIO

No (s) processo (s) abaixo relacionado (s)

Numeração única: 11672-07.2014.4.01.3700

11672-07.2014.4.01.3700 AÇÃO CIVIL PÚBLICA DE IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA

REQUERENTE: MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL

REQUERIDO: LEONARDO SARMENTO PIRES DE SA

ADVOGADO: MA00010004 – JOAQUIM ADRIANO DE CARVALHO ADLER FREITAS

ADVOGADO: MA00008130 – ANTINO CORREA NOLETO JUNIOR

O Exmo. Sr. Juiz exarou :

(Conforme Portaria n. 06/6ª Vara/SJ/MA, de 15/09/2010) De ordem do MM. Juiz Federal desta Vara, abro vista dos autos às partes para manifestação acerca dos documentos juntados às fls. 356 e 261/479.

Filipe Mota

Deixe uma resposta