Coronavírus: Estudante maranhense está impossibilitada de voltar ao Brasil

A estudante maranhense Indira Mara Santos, de 34 anos, que realiza seu doutorado da Universidade de Huazhong, na China, está impossibilitada de voltar ao Brasil.

Isso porque depois que o quadro de transmissão do Coronavírus se agravou, a cidade chinesa em que está foi fechada antes que ela conseguisse sair do local.

De acordo com a estudante, no início do caso as autoridades chinesas chegaram a chamar de fakenews as informações relacionadas ao coronavírus. Ela relatou que mantém contato com os pais e que eles estão preocupados e tristes com a situação.

Indira comentou que na cidade onde está convive com cerca de 30 brasileiros e todos estão confinados, ela é a representante que mantém contato com a embaixada brasileira. “Existe uma tensão natural com a situação. Quando saio, me preocupo; será que coloquei a máscara direito? Será que tá tudo ok? Se tenho que tirar a luva, fico preocupada em lavar as mãos. O medo existe porque não sabemos 100% do que está acontecendo”, disse Indira em entrevista a BBC News Brasil.

No Brasil, até o momento existem três pessoas suspeitas de estarem contaminadas.

Deixe uma resposta