Codó: professores rejeitam proposta da secretaria de educação e pedem o início das aulas

Um imbróglio envolvendo os professores da rede pública municipal e a secretaria de educação de Codó, está retardando o inicio do ano letivo nas escolas do município.

Na manhã de ontem (10), os professores realizaram no SINTSERM-CODÓ uma assembleia extraordinária e decidiram pelo retorno às suas escolas para esta terça-feira (11).

Diante da assembleia, os professores rejeitaram todas as propostas apresentadas pela secretaria de educação, que incluíam aulas no finais de semana e abrir mão do recesso escolar do mês julho.

De acordo com os professores, a proposta é uma falta de respeito com a categoria e fere os direitos adquirido pelos os educadores.

Os professores estão organizando para hoje (11), uma manifestação na câmara de vereadores do município em repúdio ao atraso das aulas.

Deixe uma resposta