Flávio Dino reafirma pretensão de sair do governo no próximo ano

Em entrevista ao programa de TV Canal Livre, o governado Flávio Dino reafirmou que pretende deixar o governo do estado no mês de abril de 2022, para que possa concorrer às eleições ao senado.

“Eu estou pensando no próximo ano em deixar o governo em abril, por força da lei eleitoral, e tentar uma candidatura ao Senado. Esse é o plano, digamos, A, B e C”, disse

Desgoverno, inflação, crise política e caminhoneiros patriotas param o Brasil

Em meio a maior crise sanitária já vivida pela humanidade e em uma das piores crises econômicas já vivida pelo país, em que o governo Bolsonaro não tem uma carta na manga e nem apresenta um plano de escape, caminhoneiros Bolsonaristas realizam paralisação por mais de 24 horas e colaboram para o aumento da crise no Brasil.

No Maranhão, eles interditaram dois pontos da BR-230, sendo um na saída da cidade de Riachão, a 920 km de São Luís, e outro na saída para a cidade de São Raimundo das Mangabeiras, a 1.525 km da capital.

O protesto dos caminhoneiros é a favor do governo do presidente Jair Bolsonaro e contra os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). Os caminhoneiros não permitem a passagem de caminhões de carga, com exceção dos que transportam medicamentos e produtos perecíveis. Ônibus, vans e veículos de passeio também estão transitando pelo local.

Além do Maranhão, outros 14 Estados registram bloqueios em estradas: Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Paraná, Espírito Santo, Mato Grosso, Goiás, Bahia, Minas Gerais, Tocantins, Rio de Janeiro, Rondônia, Roraima, São Paulo e Pará.

“Vamos escolher quem vai ser vice e quem vai ser candidato ao Senado”, diz Josimar após romper com Flávio Dino

Em um discurso firme, realizado no lançamento da sua pré-candidatura ao Governo do Estado, na noite da sexta-feira (03), em que reuniu cerca de 56 prefeitos de municípios maranhenses, o deputado federal Josimar Maranhãozinho fez declarações em que indica que Flávio Dino está fora dos seus planos políticos e que não tem mais o seu apoio na briga por uma vaga ao senado.

“E amanhã o Maranhão todo já tá sabendo que não tem mais conversa, não tem mais divisor e nem fiel da balança. Nós temos um projeto e já temos nossa pré-candidatura para o governo do Estado. Vamos escolher quem vai ser vice e candidato ao senado”.

Durante o seu discurso, Josimar por várias vezes afirmou que nunca se sentiu como parte do grupo de Dino e que a maioria dos benefícios que chegam aos prefeitos que são recebidos no Palácio dos Leões são frutos de emendas parlamentares.

O deputado também anunciou que novos eventos serão realizados para o fortalecimento da sua pré-candidatura para que o Maranhão sinta que ele é um dos principais nomes para eleição de 2022.

Escândalo: prefeito de Coelho Neto é suspeito de participar de esquema de rachadinha

Um escândalo sobre salários desproporcionais à função, tomou conta da cidade de Coelho Neto. De acordo com informações, o servidor José da Costa Sousa que trabalha como auxiliar de serviço gerais está ganhando a remuneração bruta de R$ 6.087,20 e líquida de R$ 4.876,83.

O contrato do servidor José da Costa é suspeito de rachadinha, em complô com o prefeito Bruno Silva. Nas redes sociais a população pede intervenção do Ministério Público estadual e até mesmo da Polícia Federal.

MP exige que prefeito de Rosário realize concurso público no prazo de 180 dias

O Ministério Público Estadual está apurando as providências adotadas pelo município de Rosário para dar cumprimento à sentença que determinou a realização de concurso e desligamento de contratados pela Prefeitura.

De acordo com informações, uma ação civil promovida pelo MP transitou em julgado, a sentença que obrigou o município de Rosário realizar concurso público em 180 dias e a promover o desligamento de todos os servidores contratados, ocupantes de cargo cujo provimento deve ser através de concurso.

O prefeito Calvet Filho terá que encaminhar documentos informando o quantitativo de cargos de provimento efetivo no município, o número de pessoal admitido por meio de contrato temporário de trabalho com indicação das funções, os cargos cujo provimento se dá através de nomeação em cargos de livre nomeação e exoneração e respectivas leis de criação do cargo e prova da publicação. Além da previsão de realização de concurso além daquele realizado para a área de educação.

 

MP investiga esquema criminoso de ex-secretário chefe da Casa Civil com a empresa Constran

O Ministério Público Estadual investiga um suposto ato de improbidade administrativa em pagamentos de vantagens indevidas ao ex-secretário chefe da Casa Civil, João Guilherme Abreu, por meio de Alberto Youseff e seus emissários Marcos Antônio de Campos Ziegert e Rafael Ângulo Lopez, de forma a ocultar de R$600.000 (seiscentos mil reais) no mês de fevereiro de 2014.

De acordo com informações, uma mala de dinheiro contendo R$1.400.000,00 (um milhão e quatrocentos mil reais), teria sido entregue março de 2015 no Palácio dos Leões e uma caixa de vinhos caros, foi retirada na recepção do Hotel Luzeiros em São Luís, pelo ex-Secretário da Casa Civil João Guilherme Abreu, por meio do seu assessor, visando à obtenção de benefício econômico para a empresa Constran S/A – Construções E Comércio, com o pagamento do precatório, no valor de R$113.366.859,81 (cento e treze milhões trezentos e sessenta e seis mil oitocentos e cinquenta e nove reais e oitenta e um centavos).

Ainda de acordo com informações, o valor seria pago em vinte e quatro parcelas mensais, conforme acordo extrajudicial firmado com a Procuradoria Geral do Estado do Maranhão, ora representada pela então Procuradora Geral do Estado do Maranhão Helena Maria Cavalcanti Haickel.

Segundo o levantamento realizado pelo Processo Administrativo de Responsabilização (PAR), o acordo não teria nenhum benefício econômico ao Estado do Maranhão, quebrando a ordem legal para pagamento de precatórios judiciais, resultando em prejuízo ao erário e no enriquecimento ilícito da empresa Constran S/A – Construções E Comércio.

 

Carlos Brandão discute reestruturação societária do Porto São Luís que terá obras iniciadas no próximo ano

O vice-governador Carlos Brandão realizou, nesta quarta-feira (01), reunião com representantes do projeto de construção do Porto São Luís. O encontro teve como objetivo alinhar as tratativas de venda do projeto ao grupo Cosan S.A – um dos maiores grupos empresariais brasileiros – que fez proposta vinculativa para a compra de 100% do negócio, avaliado em R$ 720 mi.

“Tenho acompanhado de perto o projeto do Porto São Luís desde o início do Governo, acreditando no seu potencial transformador para o desenvolvimento econômico do Maranhão. O projeto conseguiu atrair os olhares da Cosan e, com as negociações, o Porto São Luís terá obras iniciadas em meados de 2022, com a possibilidade de gerar até cinco mil empregos no pico da obra”, destacou o vice-governador.

O projeto do TUP Porto São Luís continua em andamento, agora, ainda mais fortalecido pela nova estrutura societária, e com novo escopo definido de cargas e projetos.

O encontro com os CEO Helder Dantas (Porto São Luís) e Juarez Avelar, representante do setor de mineração, teve a finalidade de traçar os próximos passos para as tratativas, que irão dar maior celeridade à construção do porto, além de trazer uma nova perspectiva para o escoamento de minério de ferro.

“O Porto São Luís está sendo concebido para ser um dos mais modernos e eficientes do país, reforçando a vocação da baía de São Marcos como uma das mais importantes regiões exportadoras do Brasil e isso vai sair do papel. Os últimos anos foram dedicados ao processo de licenciamento e reestruturação do ativo. E agora, com a entrada da Cosan S.A, o cronograma de investimentos será retomado, e o projeto acelerado, para que possa cumprir o seu propósito de geração de muitos empregos e renda para o Estado; sempre priorizando ao máximo a mão de obra e os fornecedores maranhenses, aquecendo de forma real uma ampla cadeia local” declarou o presidente do Porto, Helder Dantas.

Negociações

O plano de negócios do TUP Porto São Luís prevê o início da operação para 2025. A venda está sujeita ainda ao cumprimento de um processo que envolve questões regulatórias; além das aprovações societárias da China Communications Construction (CCCC) e últimos alinhamentos com autoridades chinesas. Toda essa etapa deve ser concluída até o início do próximo ano.

Josimar anuncia encontros entre pré-candidatos do PL deputados federais e estaduais do Maranhão

O presidente do Partido Liberal (PL) o deputado federal, Josimar Maranhãozinho, informou que será realizado no próximo dia (03), um encontro estadual com os pré-candidatos aos cargos de deputados federais e estaduais nas eleições de 2022.

O encontro que vai obedecer às normas sanitárias de combate a Covid-19 e estabelecer o limite de 400 pessoas, tem o objetivo de iniciar a elaboração de planos e estratégias para o fortalecimento das metas a serem alcançadas pelo Partido Liberal no Maranhão.

Josimar ainda afirmou que nesse mês será marcada uma reunião com as lideranças políticas do PL e que em um novo momento, também será realizado um encontro com os vereadores do grupo.

Os encontros marcam o início das visitas, que o deputado fará pelos municípios do Maranhão com a realização de eventos que possam comportar amigos e simpatizantes do projeto do PL o Maranhão.

Vídeo:

 

Ousados e preconceituosos: motoristas de aplicativos têm recusado viagens e até aplicado lição de moral

É inegável os riscos de assaltos, sequestros e mortes que os motoristas de aplicativos vêm sofrendo nos últimos dias no Maranhão. A falta de um serviço de segurança efetivo e competente tem proporcionado um aumento no número de crimes contra quem opta por trabalhar com esse segmento.

Por outro lado, os passageiros que usam os apps para tentarem se locomover pelas cidades do Maranhão, estão sendo vítimas de preconceitos e até mesmo recebendo lição de moral de alguns motoristas, o que configura uma tremenda falta de respeito com o consumidor.

Moradores de bairros de São Luís, como Liberdade, Camboa e Coroadinho, por exemplo, queixa-se diariamente do cancelamento de viagens. Alguns motoristas ainda debocham quando descobrem o destino da viagem.

De acordo com informações passadas pelos próprios motoristas, o sistema de algumas empresas que trabalham com aplicativos de transporte, não informa o local exato do destino da viagem e por isso, eles são obrigados a perguntar aos passageiros para onde vão. Ainda segundo os motoristas, ao saberem do destino e analisarem o risco do perigo, eles optam por cancelar a viagem.

Alguns motoristas vão além do cancelamento e aplicam lição de moral em passageiros que precisam usar o transporte tarde de noite.

É preciso que os órgãos fiscalizadores investiguem a real situação das empresas que prestam esse tipo de serviço no Estado, pois por muitas vezes o consumidor está sendo humilhado e constrangido pelo péssimo serviço que vem sendo prestado.

 

Edital do concurso da Assembleia Legislativa deve sair até dezembro

Segundo informações dadas pelo servidor e integrante da Comissão Organizadora do Concurso, Luiz Noleto Chaves, o edital do Concurso da Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão deve sair até dezembro.

Está marcada para o dia 6 de outubro, uma audiência entre Assembleia Legislativa, o Ministério Público, Vara de Interesses Difusos e Coletivos de São Luís e Sindicato dos Servidores da Assembleia. (Sindsalem).

A Alema foi condenada pelo juiz Douglas de Melo Martins a realizar o mais breve possível o concurso público para substituir servidores admitidos antes de 5 de agosto de 1983 sem concurso público.

Uma decisão da justiça apontou que “a existência de 1.571 cargos em comissão (61,58%) […] – sendo 715 na estrutura administrativa e 856 lotados nos gabinetes dos deputados – e 980 cargos efetivos (38,42%), demonstra, de forma inequívoca, a desproporcionalidade entre as formas de provimento eleitas pela Administração.”

O último concurso da Alema ocorreu em 2013. À época foram oferecidas 92 vagas para os cargos de Consultor Legislativo Especial, Técnico de Gestão Administrativa, Assistente Legislativo e Auxiliar Legislativo Operacional, que exigem nível fundamental, médio e superior de acordo com o cargo.