Carro que transportava doses de vacina é furtado no Maranhão

Um carro da Secretaria Municipal de Saúde de Timon, que transportava 1.250 doses de vacinas contra a influenza, foi furtado na manhã de ontem (12). A informação é da Polícia Militar do Maranhão que foi acionada para assumir a ocorrência.

De acordo com informações, o caso aconteceu enquanto o motorista deixou o carro aberto com a chave de ignição no veículo, em frente a uma clínica do município. Ao perceber o deslize um homem que não teve a sua identidade revela, aproveitou a situação e furtou o automóvel com as doses de vacina dentro.

O Coronel Jorge Antônio de Araújo relatou que na operação os militares fizeram o cerco em toda a cidade e ao perceber que estava sem saída, o homem acabou abandonando o veículo. As vacinas foram encontradas e devolvidas para a campanha de vacinação.

Ainda de acordo com o Coronel, a partir de agora a polícia vai acompanhar o deslocamento de todas as vacinas da região, seja da influenza ou da Covid-19.

Piloto de aeronave é preso por manobras ilegais e arriscadas

Em Nova Iorque do Maranhão, o piloto de uma de aeronave de pequeno porte, identificado como “Cabeludo”, foi preso após colocar a vida de várias pessoas em risco fazendo manobras ilegais e acrobacias arriscadas na área da Praia do Caju.

Histórico

Ao que tudo indica, Cabelo gosta de andar às margens da lei e de chamar atenção das pessoas. Em 2012, ele foi preso por conduzir uma aeronave sem a documentação legal. Já em 2015, ele se envolveu em um acidente aéreo em que sofreu apenas lesões leves.

Cadeia nele

Cabelo foi preso e a aeronave apreendida quando pousou na cidade de São João dos Patos. A delegacia da cidade de Nova Iorque deve abrir um inquérito para investigar a situação do piloto e da aeronave.

Distribuidora de Santa Helena abocanhou R$ 12 milhões em contratos em Prefeituras do MA

Localizada no centro da cidade de Santa Helena, a Distribuidora Santa Maria vem fazendo fortuna em Prefeituras da baixada maranhense.

Blog do Neto Ferreira apurou que em três anos a empresa de Antônio José Costa Lisboa movimentou nada menos do que R$ 12.031.694,88 milhões em contratos em diversos Executivos.

A informação consta no Sistema de Acompanhamento de Contratações Públicas – SACOP do Tribunal de Contas do Maranhão.

Segundo dos dados publicados, a distribuidora era a responsável por fornecer materiais de limpeza, consumo, higiene pessoal, expediente, didáticos e alimentos não perecíveis para as Prefeituras de Nova Olinda, Cajapió, Matinha, Presidente Sarney, Bacurituba, Cedral, Bequimão, Presidente Médici, Pinheiro, Turilândia, Olinda Nova, Governador Nunes Freire, Junco do Maranhão, Olho d’Água das Cunhãs e Alcântara.

O seu último contrato foi firmado no final do ano passado com a Prefeitura de Presidente Sarney no valor de R$ 15.215,87 mil.

Mas em 2019, a empresa de Antônio Lisboa abocanhou um acordo contratual de R$ 1.088.520,60 milhão no Executivo de Matinha.

Final de semana: Polícia Militar estoura boca de fumo e prende vários suspeitos de tráfico de drogas

Nesse final de semana, a Polícia Militar estourou duas bocas de fumo em municípios do Maranhão. A primeira foi registrada na cidade de Bom Lugar, onde uma operação comandada pelo Major PM Berredo resultou na apreensão de R$ 1.406,00 (mil quatrocentos e seis reais) em espécie e 370 (trezentas e setenta cabeças) de uma substância análoga ao crack.

De acordo com a polícia, uma pessoa em atitude suspeita foi abordada em uma calçada. Após a revista, foi encontrado um tubo cilíndrico de cor vermelha onde estavam alocadas 50 cabeças de um produto parecido crack, bem como a importância em dinheiro acima descrita.

Indagado, o suspeito disse que na residência havia mais entorpecentes. Com a permissão dele, os policiais militares adentraram a residência e encontraram o restante da droga apresentada à autoridade policial competente. O indivíduo foi preso em flagrante.

Bacabal

Já em Bacabal, por meio da Operação “Braddock”, que visam coibir todo e qualquer ato ilícito em especial roubos, uso e venda de material entorpecente, que também é comandada pelo Major PM Berredo, a policia realizou a prisão de uma pessoa moradora do bairro Esperança, que segundo denúncia, teria recebido uma grande quantidade de drogas e estaria de posse um revólver, calibre. 38mm.

Diante da situação, policiais militares foram ao local e após uma revista com autorização da moradora, foi encontrado vários ilícitos: 10 (dez) munições intactas, calibre. 38 mm; 08 (oito) frascos de uma substância parecida loló; 01 (uma) balança de precisão e 119 (cento e dezenove) invólucros e 01 (um) tablete grande de uma substância assemelhada a maconha. O revólver não foi encontrado e a suspeita foi levada para a delegacia.

Ainda em Bacabal

Já no bairro Vila São João, foi encontrado em posse de um homem 07 (sete) trouxas de uma substância aparentando ser “maconha” e 04 (quatro) trouxas de uma substância aparentando ser “crack”. O individuou foi detido.

De acordo com o Major Berredo, “As operações não cessarão e o combate à marginalidade não terá trégua. “Esta modalidade de policiamento ostensivo será uma constante em nosso comando. Algumas pessoas que vivem a margem da lei já foram tiradas de circulação e outras prisões poderão acontecer a qualquer momento.”

 

 

Empresa JR Construções entra com ação contra o prefeito de Vitória do Mearim

A empresa JR Construções entrou com uma ação civil contra o prefeito de Vitória do Mearim, Nato da Nordestina, após ele insistir na rescisão de um contrato administrativo firmado entre as partes que tem como objeto a prestação de serviços manutenção preventiva e corretiva da iluminação pública.

A nossa equipe entrou em contato com o Ministério Público que afirmou que já instaurou um procedimento administrativo e que vai pedir as justificativas cabíveis para a Prefeitura Municipal de Vitória do Mearim para que seja esclarecido os verdadeiros motivos do rompimento do acordo.

 

Ausência de prestação de contas nas gestões dos ex-prefeitos Mão de Ouro e Dulcinha deixam Satubinha em situação de inadimplência

Mão de Ouro e Dulcinha, ex-prefeitos de Satubinha já não comandam mais a cidade, mas pelo visto a população ainda terá que conviver por muito tempo com os efeitos de suas administrações desastrosas.

Pesquisa realizada pelo Blog constatou que o município se encontra inscrito no Cadastro Estadual de Inadimplentes – CEI, tudo porque os ex-prefeitos deixaram de prestar contas dos recursos recebidos do Estado. Na gestão de Mão de Ouro foram os Convênios 212/2008 e 439/2009, celebrados com a Secretaria de Estado da Cultura, que juntos somam a quantia de R$ 596.999,00 (quinhentos e noventa e seis mil, novecentos e noventa e nove reais). Já Dulcinha deixou de prestar contas dos Convênios 13/2017 e 30/2018, celebrados com a Secretaria de Estado da Cultura, no importe de R$233.000,00 (duzentos e trinta e três mil reais).

Contatamos a atual gestão que informou que já esta adotando as medidas necessárias para ressarcir o erário, representando criminalmente os ex-gestores e ingressando com Ação Civil Pública para ter de volta os valores que não foram prestados contas e ainda com ação para suspender as inadimplências.

Segundo apuramos caso as ações sejam julgadas procedentes, não terá muitas repercussões, pois já possui várias condenações. Já Dulcinha poderá ficar inelegível, o que deverá frustrar seus planos políticos.

veja:

ACP CONVENIOS 13 2017 E 30 2018 SECMA

Adolescente é encontrado morto e com os olhos arrancados

Um crime bárbaro e desumano ceifou a vida de um adolescente identificado como Carlos Henrique Conceição, de 17 anos, que foi encontrado morto e com os olhos arrancados em uma aérea de chácara no município de porto Franco.

O corpo do jovem foi encontrado por moradores que após se incomodarem com um forte odor vindo do local, iniciaram uma busca e encontraram o corpo jovem, que estava sem os olhos e com um disparo de arma de fogo no pescoço.

A polícia desconfia que os olhos da vítima foram comidos por urubus. O jovem não tinha antecedentes criminais. A perícia ainda analisa o estado do corpo para auxiliar nas investigações e para saber também o horário do assassinato.

Ai é loucura: médico de Nina Rodrigues diz que cura para a Covid está na cloroquina

Dr Samuel

No município de Nina Rodrigues um médico conhecido como Dr. Samuel, vem pregando o uso da hidroxicloroquina, inclusive por inalação, como forma de tratamento preventivo da Covid-19.

O referido médico, demitido de Vargem Grande, vem buscando, de maneira desesperada, confundir  as pessoas sugerindo haver consenso científico quanto ao uso da hidroxicloroquina no tratamento da Covid-19.

Tal sugestão contraria as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS), da ANVISA e até mesmo do Conselho Nacional de Saúde (CNS), que, recentemente, alertou sobre os graves e fatais efeitos indesejáveis da cloroquina, tais como problemas cardíacos e outras complicações que podem levar os pacientes a óbito e que poderiam ser plenamente evitadas sem o uso da referida droga.

O médico fez circular pelas redes sociais um áudio, com a sua própria voz, onde, dentre outros absurdos, sugere ao prefeito do município de Vargem Grande que não permita que pacientes graves sejam transferidos para São Luís, porque, segundo ele, os hospitais da capital, ao adotarem a intubação como recurso terapêutico, provocariam a morte de 80% de seus pacientes.

Ao divulgar tratamentos milagrosos, que não contam com nenhum respaldo científico, o referido médico confunde a opinião pública, abusa da boa-fé do cidadão e presta um desserviço à sociedade

Lula Fylho é apontado como chefe de organização que sabia de tudo em tempo real

O ex-secretário de Saúde de São Luís, Lula Fylho, é um dos principais investigados e apontado como suspeito de ser o chefe de uma organização criminosa que está sendo desarticulada pela Polícia Federal por meio da operação Tempo Real.

A informação foi confirmada pelo Delegado Regional de Investigação e Combate ao Crime Organizado, Leandro Ribeiro.

Veja o vídeo: 

Três pessoas são presas em operação da polícia contra o tráfico de drogas

Em Barra do Corda, a Polícia Civil do Maranhão (PCMA) prendeu em flagrante três suspeitos dos crimes de Posse Ilegal de Arma de Fogo e Tráfico de Drogas.

Durante a operação, foram feitas buscas em bares adjacentes no bairro Altamira, em que foram encontradas 52 cabeças de crack, porções de maconha e arma de fogo, além da condução dos três indivíduos. A operação é o cumprimento de um mandado de busca e apreensão expedido pela 2ª Vara da Comarca local.

A ação contou com o apoio da Polícia Militar e Guarda Civil Municipal e Delegacia de Grajaú/MA.