Após se recusar a comparecer à SEMMA, dono de bar em Timon vai ser investigado por poluição sonora

Em Timon, após uma série de denúncias em razão de uma barulheira constante realizada no Bar da Lurdinha, os moradores da rua João Batista, no bairro Formosa, fizeram um abaixo assinado e denunciaram a poluição sonora à Secretaria Municipal de Meio Ambiente – SEMMA.

Logo após receber os relatos, a SEMMA solicitou que o proprietário do estabelecimento fosse até a secretaria para prestar esclarecimentos, mas até o momento ele tem se negado a comparecer ao local.

A SEMMA então decidiu por enviar um ofício ao Ministério Público para que sejam tomadas as medidas judiciais necessárias e que sejam investigados e resolvidos os danos ambientais e sociais por conta da poluição sonora provenientes do “Bar da Lurdinha”.

O MP público designou um secretário para proceder nas investigações e notificar o responsável com risco de punições. A instituição entende que é dever do órgão zelar pelo bem estar e saúde pública.

Deixe uma resposta