Mesmo após receber R$ 8 milhões do orçamento secreto, saúde segue sucateada em Bernardo do Mearim

O prefeito Júnior Xavier (PDT), do minúsculo município de Bernardo do Mearim, recebeu mais de R$ 8 milhões este ano em verbas federais da saúde, oriundas do chamado orçamento secreto.

Apesar do elevado valor, a saúde pública municipal segue sucateada, a exemplo das condições estruturais das unidades básicas de saúde.

Vindo do orçamento secreto, a verba pode ser uma emenda parlamentar indicada por membros do PDT na esfera federal e também pode ter ido para os cofres da corrupção, tendo em vista a não conversão do recurso em serviços públicos de qualidade visível.

Corrupção

A saúde tem sido um dos principais meios de desvio de dinheiro público no Maranhão, a exemplo do caso dos municípios de Igarapé Grande, do Prefeito Erlânio Xavier (PDT), e de Pedreiras, onde em ambos, dados foram falsificados para que o Ministério da Saúde destinasse ainda mais recursos públicos.

Em entrevista ao programa Xeque-Mate de ontem, o secretário Estadual da Saúde, Tiago Fernandes, disse que a saúde tinha se tornado numa espécie de válvula de escape para a corrupção e lembrou que um município da Ilha de São Luís, sem especificar qual, havia recebido mais de R$ 15 milhões do orçamento secreto, sem que esse montante fosse convertido em equipamentos de qualidade para a população.

Deixe uma resposta