Incapacitada para o cargo, servidores denunciam nova diretora do Hospital da Mulher

Servidores do Hospital da Mulher, em São Luís, têm relatado episódios de assédio moral praticados diretamente pela Diretora-Geral da unidade, Vanessa Silva, desde quando tomou posse do cargo. Vanessa é uma indicação expressa de Fernando Braide, irmão do prefeito e pré-candidato a deputado estadual.

De acordo com informações, os funcionários já recorreram ao Conselho Regional de Enfermagem – Coren, que esteve recentemente realizando uma visita para fiscalizar a unidade de saúde. Com efeito contrário, a situação piorou e as perseguições continuaram. Alguns deles foram remanejados ou demitidos, a exemplo de médicos que se posicionam contra a atual gestão.

Outra denúncia contra a gestora foi formulada junto ao Sistema Único de Saúde, o SUS, pelos servidores. No documento, apontam a falta de capacitação que Vanessa Silva tem em relação ao cargo e como isso tem impactado negativamente nos indicadores da unidade.

O prefeito Eduardo Braide (sem partido), mesmo tendo noção da situação, tem feito vista grossa para a situação, sem aplicar qualquer sanção à Vanessa Silva.

Ainda em demonstração do descontentamento com a gestão do hospital, o muro da unidade amanheceu com a frase “Fora, Vanessa!”.

2 pensou em “Incapacitada para o cargo, servidores denunciam nova diretora do Hospital da Mulher

  1. Corem composto pelo ex diretor do HM, tinha que ter isso msm. Ele querendo ficar no cargo, mas não ficou. Amigo, não mancha teu blog com essas informações… Eles te pagam por isso, eu sei, mas a realidade é outra. Isso é um grupo dos que perderam várias mamatas e aí ficam nesse negócio!

Deixe uma resposta