Imperatriz: empresa Destack é investigada

Em Imperatriz, a empresa Destack Serviços Ambientais está sendo investigada por suposto crime ambiental que envolve o despejo de rejeito in natura a céu aberto.

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (SEMMARH) enviou ao MP um documento em que informa a possível prática de poluição.

O Ministério Público alerta que a prática de lançamento de resíduos sólidos, líquidos ou gasosos, ou detritos, óleos ou substâncias oleosas, em desacordo com as exigências estabelecidas em leis ou regulamentos, constitui crime ambiental.

Deixe uma resposta