Cururupu: médicos que desobedecerem recomendação do MP podem parar na delegacia

O Ministério Público Estadual recomendou a Secretarias de Saúde de Cururupu que, em casos de necessidades de perícia médica que envolvam exames de corpo de delito para a produção de provas em investigações e processos criminais, coloquem os médicos nomeados como peritos ad hoc pelos Delegados de Polícia para realizarem os exames.

O pedido vem seguido de uma advertência. O Ministério Público informou que em casos de recusa, as autoridades policiais procederão com a condução à Delegacia pela prática do crime de desobediência.

A medida é em função da ausência de unidades do IML e Icrim, no município. O Ministério Público informou que adotará todas as medidas necessárias para assegurar a sua implementação.

Deixe uma resposta