Após seguidas performances ruins nas pesquisas, Weverton começa a criticar carga tributária do Maranhão

A nova arma de Weverton Rocha (PDT) para atacar o seu principal oponente na disputa pelo governo do Estado, Carlos Brandão (PSB), se chama carga tributária. Isso porque, recentemente, o senador resolveu reconhecer o problema e publicar um vídeo defendendo a industrialização do Maranhão, de modo que reduza os impactos da carga tributária sobre os pequenos comerciantes.

“É preciso um debate sério para abrir o Maranhão para a industrialização. Abrir para que os empresários possam vir de verdade, investir neste estado. Para que o comerciante que está aqui dentro, não se sinta explorado, com altas cargas de impostos”, sustentou o senador.

O posicionamento do senador chama atenção não por estar fazendo o que é de sua obrigação, mas porque só veio após ruptura daquele grupo que o sustentou politicamente por mais de sete anos e o elegeu senador.

Ademais, podendo ser mera estratégia política, a atitude de Weverton vem após seguidas performances ruins nas pesquisas eleitorais (exceto as contratas por ele), que destacam ineficiência da sua pré-campanha “Maranhão Mais Feliz”.

Deixe uma resposta