PMs de folga ajudam no sequestro de jovem em São Luís

No dia 19 de maio de 2022 uma jovem foi sequestrada por criminosos no bairro Nova República, em São Luís.

O sequestro aconteceu por volta das 19h30 e os sequestradores pediram à família da vítima o valor de R$ 100 mil em troca da liberdade da moça.

A família da jovem entrou em contato com os policiais militares identificados com cabo Amorim do Cosar e o soldado da BPRV, Duarte, que estavam de folga e mesmo assim se dirigiram e foram recebidos.

Segundo a família, os policiais auxiliaram nas negociações com os criminosos.

“Foi um momento de muita tensão, porque os sequestradores ameaçavam matar a vítima a todo momento, caso não fosse entregue o valor que eles pediram no resgate. Eles começaram a pressionar e decidiram invadir a casa dos familiares da moça que ainda não tinha conseguido o dinheiro por se tratar de um valor muito alto”, disse o soldado Duarte

Do lado de fora da residência, três criminosos estavam vigiando em caso de uma possível movimentação policial.

Nesse instante, a polícia já tinha conhecimento do caso e montou um esquema de combate em caso de um possível avanço dos criminosos à residência.

Apesar das ameaças de invasão, os sequestradores não esperavam que o cabo Amorim do Cosar e o soldado Duarte estivessem dentro da residência e controlando toda a situação, aguardando apenas um posicionamento da equipe do delegado que estava no comando do caso.

Por volta das 03h00 da manhã, a equipe policial conseguiu identificar o endereço onde a jovem estava sendo mantida como refém.

No cativeiro, os bandidos ficaram e liberaram a vítima por volta das 05h46 da manhã, em seguida três indivíduos foram presos no momento. Um conseguiu escapar, mas foi capturado no mesmo dia pela polícia civil.

Deixe uma resposta