MP pede esclarecimento do prefeito de Afonso Cunha sobre ruínas do Conselho Tutelar

O Ministério Público Estadual pediu esclarecimento ao prefeito de Afonso Cunha Arquimedes Bacelar sobre uma denúncia relatando as péssimas condições estruturais e operacionais do Conselho Tutelar Municipal.

De acordo com informações, diversos moradores do município informaram que, em 2015, Arquimedes Bacelar recebeu do Governo Federal um carro zero quilômetro para uso exclusivo do Conselho Tutelar. No entanto, o veículo estava sendo utilizado, pela gestão municipal, para outras finalidades.

Os moradores informaram ainda que os atuais membros do Conselho Tutelar estavam deixando de realizar suas atividades por ausência do veículo, o qual atualmente se encontra em péssimas condições e sob suspeita de não se encontrar mais apto para realizar viagens e diligências.

Em uma vistoria ao Conselho Tutelar de Afonso Cunha, o Ministério Público Estadual pode constatar as irregularidades, além de observar as péssimas condições de infraestrutura do prédio no qual se encontram trabalhando os membros do conselho.

No local foram encontrados inclusive caixões velhos e abandonados em uma das salas do prédio, onde funcionava também a funerária municipal. Diante de tanto descaso, o MP notificou o Secretário de Transportes, o Procurador do Município e o Prefeito Arquimedes para que apresentarem no prazo de cinco dias esclarecimento sobre as irregularidades.

Deixe uma resposta