MP investiga prefeito de Davinópolis

O prefeito de Davinópolis, Raimundo Coquinho, está sendo investigado em um inquérito que apura possível ato de improbidade administrativa.

Segundo informações, o gestor teria desviado a função de um servidor comissionado, identificado como Robenildo dos Santos Silva, para ocupar um cargo efetivo, do qual os concorrentes ainda aguardam a convocação por concurso público ainda vigente.

Raimundo Coquinho nomeou Robenildo para o cargo de Fiscal de Contratos da Secretaria Municipal de Administração, no entanto, o servidor ocupa o cargo comissionado de Coordenador de Divisão da Vigilância Sanitária da Secretaria Municipal de Saúde.

Diante da situação, o Ministério Público Estadual estabeleceu o prazo de 10 dias para os envolvidos esclarecerem o assunto e pediu que o prefeito convoque imediatamente os aprovados no concurso público para o cargo de Fiscal de Contratos, para fazer cessar a ilegalidade.

Deixe uma resposta