Ex-deputado critica nomeação de zeladora para assumir direção de escolas no município de Paulo Ramos

O ex-deputado estadual Kinkas Araújo fez uma grave denúncia contra a gestão de Adilson Machado (PP) no município de Paulo Ramos.

Ao ser questionado sobre a educação municipal, Kinkas comentou que escola não é local para se fazer divisões políticas e analisou o fato de zeladoras exercerem cargos de diretoras de escolas.

“Escola não é para se fazer política. Em primeiro lugar, direção de escola é para se colocar pessoas competentes. Erros podem acontecer, agora cabe ao prefeito e ao secretário resolver o problema e dar uma satisfação para a sociedade”, disse o ex-parlamentar.

Em Paulo Ramos, pelo menos três escolas municipais estão sendo geridas por zeladoras, a situação tem incomodado os pais de alunos que questionam a competência da gestão municipal.

“Foi um problema detectado. Resolveram? Essa é a questão. O erro foi observado, todo mundo erra. Agora permanecer no erro é burrice. Dessa forma você coloca uma zeladora que não tem a formação pedagógica para dirigir uma escola que só tem professor escolado. Que só tem professor que tá acostumado com a coisa, é claro e evidente que não vai dar certo”, disse Kinkas Araújo.

Deixe uma resposta