Estreito: Leo Cunha é investigado por mau uso de recursos do FUNDEB

O prefeito de Estreito, Leo Cunha (PL), está sendo investigado sob acusação de mau uso dos recursos oriundos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (FUNDEB).

O Ministério Público Estadual considerou a necessidade de acompanhar a aplicabilidade dos valores do FUNDEB pelo prefeito Leo Cunha e pediu que seja encaminhado ao Ministério Público Federal para conhecimento e autuação os documentos que provam as irregularidades da malversação de recursos do FUNDEB.

A instituição considera que a Educação é um direito social garantido pela República Federativa do Brasil, sendo dever da família, da sociedade e do Estado assegurar à criança, ao adolescente e ao jovem a educação.

Deixe uma resposta