População denuncia crime ambiental em Carutapera

A obra de revitalização da Avenida Padre Mário Racca, coordenada pelo Governo do Estado e executada pela empresa CONSTRUSERVICE, é alvo de denúncia e revolta. A população acusa o prefeito Dr. Airton de se isentar da responsabilidade desse crime ambiental.

De acordo com informações, o Artigo 160°, do Código Municipal de Meio Ambiente de Carutapera diz que são considerados também proteção prioritária as áreas nativas de valor histórico, arqueológico, ambientais e paisagísticos conforme o parágrafo 1°.

“O corte de vegetação e obra de terraplanagem necessárias somente serão autorizados mediante a apresentação de projeto detalhado a ser aprovado pela SEMAT (Secretaria de Meio ambiente e Turismo) e demais órgãos competentes, desde que não contrariem as disposições desse código e respeitem os demais dispositivos legais em vigor e será regulamentada pelo poder executivo”.

A população tem lamentado a forma como o prefeito tem se mostrado omisso no município.

Deixe uma resposta