Contrato entre o prefeito de Amarante e a IDEMESE é investigado

O prefeito de Amarante do Maranhão, Vanderly do Comércio, é investigado após indícios de possíveis ilegalidades na contratação do Instituto de Desenvolvimento do Médio Sertão (IDEMESE). Além disso, a investigação apura a regularidade na prestação dos serviços médicos pelos profissionais vinculados a empresa.

Uma apuração constatou que a prefeitura atendeu à prestação de assistência médica a um paciente que precisava de um tipo de atendimento, porém tudo indica que o médico não possuía a especialidade requerida para o procedimento.

Um inquérito foi instaurado para apurar o caso e terá como objeto: “Apurar a regularidade na contratação, pelo Município de Amarante, do IDEMESE – Instituto de Desenvolvimento do Médio Sertão, assim como da regularidade na prestação dos serviços médicos pelos profissionais vinculados a este.”

O Ministério Público considera que as ações e serviços de saúde são de relevância pública, sendo função institucional do Ministério Público zelar pelo seu efetivo respeito, devendo tomar todas as medidas judiciais ou extrajudiciais, necessárias para preservá-los.

 

Deixe uma resposta