Afonso Cunha: empresa Agrícola Vontobel é investigada após crime de pulverização aérea

A empresa Agrícola Vontobel Ltda está sendo investigada após denúncia de possível crime ambiental em razão da pulverização aérea de defensivos agrícolas realizada na zona rural do município de Afonso Cunha.

De acordo com informações, no inquérito que ainda está em andamento, também foi observada possível irregularidade na expedição da Licença Única Ambiental de Regularização (LUAR), pela Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Recursos Naturais – (SEMA).

A empresa tem como proprietário o empresário Fernando Vontobel e trabalha com atividades de cultura de grãos, soja e milho, além de armazenamento, secagem, beneficiamento e comercialização na Fazenda Quarta Estância, Chapadão do Céu e outras, localizada no Município de Afonso Cunha.

Ainda de acordo com informações, depoimentos prestados por moradores do Povoado Estiva dão conta de que a Empresa Vontobel Ltda, pela primeira vez em 2021, utilizou a pulverização aérea com agrotóxicos, tendo ocasionado a perda total de plantações de propriedade de diversos agricultores da região.

O parecer emitido pelo Centro de Apoio Operacional do Meio Ambiente do Ministério Público do Estado do Maranhão apontou a existência de algumas irregularidades e sugeriu a adoção de providências complementares. A eventual responsabilidade criminal decorrente dessa conduta está sendo apurada em sede de inquérito policial na Delegacia de Coelho Neto.

As aeronaves agrícolas que contenham produtos químicos são proibidas de sobrevoar as áreas povoadas, moradias e os agrupamentos humanos.

Deixe uma resposta