Prefeitura de Coroatá se nega a responder ofício sobre caso de “Funcionário Fantasma”

Em Coroatá, o Ministério Público Estadual instaurou um inquérito para apurar possível existência de funcionário fantasma, que ainda não teve o nome identificado, mas que deveria prestar serviços para a Prefeitura Municipal.

De acordo com informações, a instituição tomou conhecimento da situação após denúncia protocolada por meio da Notícia de Fato nº 000203-509/2020.

Para acompanhar o caso, a instituição nomeou o técnico ministerial, Paulo Henrique Santos Ramos, que irá notificar o investigado para que no prazo de 10 dias, compareça a Promotoria de Justiça e preste esclarecimento da situação.

Até o momento, a Prefeitura tem se negado a responder os questionamentos do Ministério Público, para esclarecimento do caso.

 

 

Deixe uma resposta