Braide não paga funcionários do Socorrão e servidores paralisam

Trabalhadores do serviço de limpeza da Maxtec, empresa responsável pela contratação de funcionários terceirizados do Município de São Luís, estão de braços cruzados por conta de descumprimentos de acordos, que incluem, principalmente, o atraso no pagamento de salários.

Com a paralisação, os hospitais de Urgência e Emergência da capital o Socorrão 1 e o Socorrão 2, Hospital da Criança e Hospital da Mulher, estão sem os serviços de limpeza. Um absurdo!

O presidente do Sindicato de Asseio e Conservação, Maxwell, está nesse momento acompanhando o movimento dos trabalhadores no Hospital Socorrão 2 que estão realizando uma manifestação na avenida Beira Mar pedindo uma solução à Prefeitura de São Luís.

 

 

Deixe uma resposta