Dino em Chapadinha: desrespeitoso, deselegante e extremamente machista

Governador parece se sentir a vontade em constranger mulheres em palanques. Belezinha não é a primeira pois Maura Jorge (atual prefeita de Lago da Pedra) também já foi desrespeitada.

Existe um ditado entre os mais velhos, que diz que a política é a arte de ajuntar. O governador do Maranhão, no fim de seu mandato e esperando reconhecimento do povo do estado para se eleger Senador em 2022, faz exatamente o contrário.

O uso da força estadual de Segurança Pública para perseguir desafetos de Flávio Dino no Maranhão já foi tema de ampla discussão na Câmara dos Deputados. Um delegado da Polícia Civil do Estado, revelou inclusive que desembargadores, deputados e outras autoridades contrárias ao ex-juiz federal estavam sendo ilegalmente monitoradas. O caso foi abafado.

Nos últimos dias, se comenta que Flávio Dino ‘armou’ uma armadilha ao deputado Josimar e sua família, incluindo uma criança de quatro anos de idade. Homens de grupos exclusivos de operações especiais quebraram a casa do novo desafeto de Flávio Dino, claro ato de intimidação.

No dia de hoje (09), em Chapadinha, o governador envergonhou a prefeita do município, Belezinha, que é do mesmo partido de Josimar. “Tem gente que se transforma na internet”, disse Flávio, apontando para a gestora. Além de não respeitar a figura da mulher que representa o município, o governador foi deselegante e, ao invés de juntar, ele novamente espalhou.

Corre nos bastidores da política que Flávio Dino está perdido, acuado e que comandará novas operações policiais contra oposicionistas, jornalistas, blogueiros e radialistas que não comungam com seu governo.

Kim Jong-un certamente é um dos que invejam a forma de como Dino governa.

Deixe uma resposta