Ousados e preconceituosos: motoristas de aplicativos têm recusado viagens e até aplicado lição de moral

É inegável os riscos de assaltos, sequestros e mortes que os motoristas de aplicativos vêm sofrendo nos últimos dias no Maranhão. A falta de um serviço de segurança efetivo e competente tem proporcionado um aumento no número de crimes contra quem opta por trabalhar com esse segmento.

Por outro lado, os passageiros que usam os apps para tentarem se locomover pelas cidades do Maranhão, estão sendo vítimas de preconceitos e até mesmo recebendo lição de moral de alguns motoristas, o que configura uma tremenda falta de respeito com o consumidor.

Moradores de bairros de São Luís, como Liberdade, Camboa e Coroadinho, por exemplo, queixa-se diariamente do cancelamento de viagens. Alguns motoristas ainda debocham quando descobrem o destino da viagem.

De acordo com informações passadas pelos próprios motoristas, o sistema de algumas empresas que trabalham com aplicativos de transporte, não informa o local exato do destino da viagem e por isso, eles são obrigados a perguntar aos passageiros para onde vão. Ainda segundo os motoristas, ao saberem do destino e analisarem o risco do perigo, eles optam por cancelar a viagem.

Alguns motoristas vão além do cancelamento e aplicam lição de moral em passageiros que precisam usar o transporte tarde de noite.

É preciso que os órgãos fiscalizadores investiguem a real situação das empresas que prestam esse tipo de serviço no Estado, pois por muitas vezes o consumidor está sendo humilhado e constrangido pelo péssimo serviço que vem sendo prestado.

 

Deixe uma resposta