Prefeito de Matões vai responder por enriquecimento ilícito

O prefeito de Matões, Ferdinando Araújo Coutinho, está sendo investigado por ato de improbidade administrativa acusado de enriquecimento ilícito, danos ao erário e atentado aos princípios da Administração Pública, após ser constatado possíveis irregularidades em um contrato com a empresa J. N. dos Santos Construções e Consultoria Eireli.

De acordo com informações, o inquérito foi instaurado no dia 09 de fevereiro de 2021 e vai iniciar a coleta de provas da suposta existência de improbidade administrativa, para posterior ingresso de ação civil pública.

A instituição vai verificar junto ao Diário Oficial em quais licitações e serviços a empresa J. N. dos Santos Construções e Consultoria Eireli foi vencedora, prestando serviços para o Município de Matões nos anos de 2019 a 2021.

Deixe uma resposta