Vídeo: Após sofrer perseguições por tirar foto com Bolsonaro, ex-comandante do GOE não resiste a pressão e vai para reserva

Após sofrer uma série de perseguições políticas depois de aparecer em uma fotografia com o presidente Jair Bolsonaro, o ex-comandante do Grupo de Operações Especiais – GOE, Sub Tenente João Paulo pediu a sua aposentadoria.

Locado no 3° BPM de Imperatriz, João Paulo foi responsável pelas formações de muitos policiais, não aguentou as pressões que vinha sofrendo de seus superiores e pediu para ir à reserva contra a vontade de muitos de seus companheiros.

Veja o vídeo:

Deixe uma resposta