Políticos batem boca por conta de réplica da Estátua da Liberdade em São Luís

Um grupo de artistas apoiado pelo PCdoB, o ex-partido do governador Flávio Dino, iniciou uma campanha contra a empresa do bolsonarista Luciano Hang, dono da Havan, que tenta erguer uma réplica da Estátua da Liberdade na capital maranhense.

Em petição entregue à Justiça, os manifestantes alegam que réplica de 35 metros da Estátua da Liberdade em São Luís não é compatível com a cultura e arquitetura da cidade, que é considerada Patrimônio da Humanidade pela UNESCO. Os organizadores cobram o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) por uma reação contra o monumento de Luciano Hang.

Quem também se manifestou contra o monumento foi um dos Secretários do Governo do Maranhão, Márcio Jerry, que usou o twitter para publicar a seguinte frase: “Só um imbecil absoluto como esse tal de Véio da Havan pra querer instalar na histórica e bela São Luís uma réplica da estátua da liberdade”
O vereador de São Luís Eduardo Andrade rebateu o comentário de Marcio Jerry.

Veja:

Vale lembrar que nem todas as lojas da Havan tem o monumento na frente. A petição questiona a quem interessa a instalação da réplica na cidade e pede a “resistência do povo de São Luís”. O prefeito Eduardo Braide, que foi apoiado por Bolsonaro em 2020, ainda não comentou sobre as manifestações contrárias à construção do símbolo da Havan.

Deixe uma resposta