Mulher que diz ser vítima de tortura no Mateus, tem várias passagens pela polícia por furto

O nosso blog teve acesso aos registros de outras prisões da mulher que relatou à polícia ter sido vítima de tortura dentro do Mix Mateus do Araçagy.

A mulher que se passava por cliente e que disse ser confundida com outra pessoa, tem várias passagens na polícia por furto. Um segurança que presta serviço para o Grupo Mateus relatou que existem filmagens que mostram outros furtos de Jacqueline, que inclusive gosta de cometer seus crimes no mix do João Paulo, na companhia de uma mulher identificada como Gerdeana. Elas foram flagradas com roubos de 6 pacotes de picanha.

Deixe uma resposta