Dupla que se passava por policiais para extorquir comerciante, é presa em Timon

Uma dupla de criminosos que se passava por policiais civis para extorquir um comerciante, foram presos na cidade de Timon, pelos crimes de extorsão, roubo, dano, bando ou quadrilha, falsidade ideológica, abuso de autoridade e lavagem de dinheiro.

De acordo com informações, a dupla é acusada de junto com um investigador de Polícia Civil terem invadido a residência de um comerciante em 2020, todos se passando por policiais civis de São Luís em serviço, onde simularam o cumprimento de um mandado de busca e apreensão exigindo que o proprietário do local abrisse um cofre e entregasse a quantia de 7 mil reais, tomando ainda telefones celulares e ameaçando a vítima para que ele lhes entregassem a quantia de 50 mil reais.

Na ocasião, a vítima ainda foi levada pelo trio de criminosos sob coação e ameaça a um sítio e estabelecimento comercial, sendo depois liberada para que o dinheiro exigido fosse conseguido.

O policial civil acusado se encontra afastado de suas funções atualmente.

Deixe uma resposta