Idosa resgatada em situação análoga à escravidão no RJ volta para sua família no Maranhão

A idosa maranhense Maria das Graças, que foi resgatada no Rio de Janeiro no dia 13 de abril, após sua sobrinha denunciar na 43° DP, em Guaratiba, que ela estava vivendo em situação análoga à escravidão já está no Maranhão feliz e com a sua família.

A idosa saiu do Maranhão juntamente com a sua irmã em busca de trabalho. Maria das Graças morou no Rio Grande do Sul, mas se mudou para o Rio de Janeiro em 1969. Maria de Nazaré, sua irmã, que também deixou o estado, faleceu em 2017.

Hoje, Maria das Graças já está morando com a sua outra irmã, Maria da Conceição que relata a alegria de ter de volta a sua irmã tão amada por ela.

“Nós estamos juntas e Deus vai prolongar os nossos dias de vidas aqui na terra, para nós vivermos muitos anos ainda”, disse maria da Conceição

A ex-patroa de Maria da Graças, identificada como Therezinha da Silva de Moraes, de 82 anos, devido a idade avançada, responde em liberdade pelos crimes de cárceres privado e trabalho análogo a escravidão.

Deixe uma resposta