Casal é preso por tortura e estupro contra o próprio filho de três meses

A Polícia Civil prendeu na cidade de São José de Ribamar um casal suspeito de crimes de tortura e estupro de vulnerável, tendo como vítima um bebê de apenas três 03 de idade, filho do casal.

Os mandados de prisão preventiva para o casal são resultado de uma representação da delegada titular da Delegacia Especial da Mulher (DEM), da cidade de Ribamar, os quais foram cumpridos com apoio da Guarda Municipal.

De acordo com informações, a polícia civil tomou conhecimento da situação no dia 12 de fevereiro de 2021, quando profissionais da saúde do Hospital Municipal de São José de Ribamar, que atenderam o bebê relataram um ferimento extenso na língua da criança, fissura no ânus e quadro grave de desnutrição. Na ocasião, foi lavrado Auto de Prisão em Flagrante em desfavor do casal, que depois foi posto em liberdade.

Em continuidade das investigações e colhimentos de provas contra os criminosos, a delegada resolveu representar pela Prisão Cautelar dos pais da vítima. Os suspeitos foram presos encaminhados à Unidade Prisional de Pedrinhas, onde permanecem à disposição da justiça.

 

Deixe uma resposta